:::CIRANDA BRUXINHA TERRIVEL:::

 

 

PARTICIPANTES

 

1- ZzCouto
2- Clara da Costa
3- JAS
4- Ilze Soares
5- Lóla Prata
6- José Hilton Rosa
7- José Ernesto Ferraresso
8- Maria de Fátima Delfina de Moraes
9- Maria Olga de Oliveira Lima
10- Isabel C S Vargas
11- Yna Beta
12- MaluBarni
13- Socorro Lima Dantas
14- There Válio
15- Paulo Silveira de Ávila

16- João Coelho dos Santos
17- Virgílio M.A.S Roque
18- Gina Maia
19- Virgílio M.A.S Roque
20- Zenaide Giovinazzo
21- Marinez Stringheta/Mara Poeta
22- Sueli do Espírito Santo
23- Rita Rocha
24- Cida Micossi
25- Nídia Vargas Potsch
26- SôniaRubim
27- Edilson Xavier de Menezes/Edmen
28- Sônia Nogueira
29- Edvaldo Rosa

 

 

 

Teu Rastro!

Quando mesmo distante
como um louca te chamo,
sei que teu rastro se alojou
para perto de mim,
porque sinto o aroma do
homem que amo...

ZzCouto

 

 

Teu Rastro!

Clara da Costa

Uma foto na estante
Teu rastro na casa solitária
Uma saudade,
Ao som nostálgico
De músicas tristes
Transformadas em poesias.

 

 

TEU RASTRO

JAS

Uma calcinha sua na minha cama
Que eu deixei para lembrar nossas noites
Me proporcionam prazer e saudades
Do teu rastro como aroma de mulher
E lembra nossas cavalgadas!

 

 

Teu Rastro!

Ilze Soares

Olho para a entrada da casa,
olhar perdido no além...
Sinto seu cheiro no ar,
noto seu rastro na areia,
mas não vejo você chegar.
Sou pura melancolia,
mulher solitária
à espera do homem amado voltar!

 

 

TEU RASTRO

Lóla Prata

Tu és a nau capitânia
dos mares onde navego
e eu te sigo, consentânea,
e sob teu rastro, trafego.

 

 

Boate Kiss _ teu rastro

José Hilton Rosa

O beijo na face, um intruso no palco
feito sanguessuga na pele clara
forte e feio nos olhos que enxergaram
triste feito, como dor indesejada
frio e morto hálito na face
beijo de morte
no escuro de uma boate, como Kiss
escuro que se transformou em chamas
labaredas de carbono tóxico
sinônimo de morte
morticínio em apenas uma noite
noite que não amanheceu
sem saída, sem rumo, sem o prazer procurado
morte sem guerra, morte em estralada
uma estrebaria com nome de kiss
lágrimas e beijos na despedida espiritual.

 

 

Teu Rastro

José Ernesto Ferraresso

Seguir teu rastro foi um dilema
ouví- los a todo instante foi depressão
porque em mim mexeu em meu coração
e trouxe alegria e bastante emoção.
Será que não passarei por
mais uma ilusão?!

 

 

TEU RASTRO...

Maria de Fátima Delfina de Moraes

... no perfume deixado em meus lençóis!
Recordar-me a doçura do desejo,
a leveza de tua alma,
a suavidade de um beijo.
Momento de saudade de nós.

 

 

Teus Rastros

Maria Olga de Oliveira Lima

Acompanho teus rastros
Por todo o meu tempo.
E te caço
Em todos os teus espaços.
Quero-te sempre perto.

Sem ti deserto fica o coração,
Impregnado dessa louca
E doentia paixão
Que me devora...

Corro ao lugar onde estás.
Somente assim consigo banir
Toda a carência
Que existe em mim,

Me apertando o peito...
A alma...
Não há domínio... não há jeito...
Perco a calma...
Não tem cura essa amargura.

Sem ti perco a razão.
É Amor... É paixão... É solidão...
Longe de ti tudo é tédio...
E tudo que tento...
Tudo que invento é em vão.

Quero-te inteiro e completo
Pertinho do meu coração.

 

 

Teu rastro

Isabel C S Vargas

Não está nas curvas do caminho
mas nas curvas de meu corpo,
onde permanece o calor de tuas mãos
como indeléveis marcas feitas em brasa.
Percebo-o na brisa que traz teu perfume,
e na tua voz sussurrada pelo vento.

 

 

TEU RASTRO

Yna Beta

A beleza daquela nossa música
Tornou-se triste e nostálgica.
Ouvindo nosso canto preferido
Teu rastro se faz presente.
Doce aroma se espalha pelo ar
Impregnando meus sentidos.
Flutuo à procura de você!!!

 

 

Teu Rastro

MaluBarni

Sei do teu rastro...
pois tens cheiro de jasmim,
por isso consigo alcançar-te
e ter-te muito junto a mim,
e aproveito e lanço-me a ti.

 

 

O TEU RASTRO...

Socorro Lima Dantas

Há um aroma especial neste recinto,
Sinto o teu cheiro em todo o canto.
Foste embora para tão distante
Mas esqueceste de levar contigo

O único elo que nos unia:
As pétalas de nossas rosas,
Todas cuidadosamente colocadas
Em cada cantinho do nosso refúgio.

Deixaste, ainda, em nosso caderno
Todas as pétalas das rosas que colheste para mim
Enfileiradas entre as folhas perfumadas
E anotado cada período por nós vivido.

O teu rastro é tão forte
Que eu não consigo esquecer este amor
Que me faz lembrar cada dia em que
Juntinhos, fomos apenas nós dois.

Vivo a tocar em todo este lugar
Onde o teu rastro hei de eternamente vivenciar.

 

 

Teu Rastro!

There Válio

Quando o dia amanhece,
Meu olhar se estende além,
Procuro vislumbrar uma figura
Na esperança que possa ser você
Sigo teu rastro todo dia
Mas minha espera é o vazio
Que ficou em meio à solidão!

 

 

Teu Rastro

Paulo Silveira de Ávila

O momento
mais harmônico
é o encontro
de nossos corpos
e de nossas almas,
seduzidos pela magia
do encanto.
O teu rastro de amor
deixou vazar fantasias
no canto da imaginação.

 

 

TEU RASTRO

João Coelho dos Santos

Sonhador, de encanto inefável,
Fui invadido por sentimento de inveja
E apossado por desordenados desejos.
O vento, companheiro em trevas da noite
Roçava as esquinas sem saber de teu rastro.

 

 

TEU ROSTO

Virgílio M.A.S Roque

Teu rosto, para o Sol deves virar,
Fazendo a sombra para trás ficar,
O rosto enganador consegue ocultar,
O que só o coração, poderá revelar.

 

 

Rastro

Gina Maia

Tenho seguido teu rastro
apenas para atenuar a saudade
e saber se a tal liberdade
te estragou ou fez remoço.

És Sol, Rei dos Astros
contigo os meus invernos ,
foram menos dolorosos.
Quando entras pela janela
da minha vida, ela se agita e agiganta.

Tento racionalizar o meu alvoroço.
Meu coração é sentinela
que à tua passagem se encanta!!!

 

 

TEU RASTRO

Virgílio M.A.S Roque

Teu rastro deves procurar deixar!
Nos caminhos que terás de trilhar,
Cuidando, que ao rastro a espalhar,
Importantes medidas se devam tomar.

Teu rosto, para o Sol deves virar,
Fazendo a sombra para trás ficar,
O rosto enganador consegue ocultar,
O que só o coração, poderá revelar.

 

 

TEU RASTRO

Zenaide Giovinazzo

Me visto de armadura
e caminho pelas longas noites
em busca do que não fomos...

 

 

TEU RASTRO

Marinez Stringhetta/Mara Poeta

No portão...
Desce do carro e vem
Sorrisos se abrem
E se comunicam
Lembrando amores antigos
Dez passos e me tem
Sinto-me enlaçar
Não quero acordar
Torpor me envolve
E você se vai
Seu rastro magicamente
Retorna... Retorna...

 

 

TEUS RASTROS

Sueli do Espírito Santo

Desde o instante da tua partida
eu já não sei como levar a vida
sem saber para onde ir
nesse mundo tão escuro
os teus rastros eu procuro
perdida, sem poder te seguir
o coração fica inquieto
a alma fica vazia
e nessa falta de afeto
Busco teus rastros na poesia.

 

 

Teu Rastro

Rita Rocha

Não confio no teu rastro,
aonde vais, não sigo junto;
pois você não é meu astro,
e não me agrada o teu assunto!

 

 

Teu Rastro

Cida Micossi

Apenas e tão somente
Teu rastro - (lembrança),
Vivo está na minha mente
Morta está a esperança.

 

 

Teu Rastro...

Nídia Vargas Potsch

Na incessante busca
Por nos encontrar
Meu olhar lacrimejante
se faz distante...

Enxergo ao longe
A noite fria
A falta de aconchego
que imagino estejam
tão perto de acontecer...

Um momento
Só para nós dois
Nem que seja em doces sonhos
de Amor, Delírio e Paixão
Nos rastros de Nossas Solidões!

@Mensageir@/ RJ.-2018

 

 

Teu Rastro

SôniaRubim

Hoje no meu silêncio
não tem visita da saudade
tua imagem é que deixa rastro
na minha poesia sem rumo
e sem liberdade...

 

 

TEU RASTRO

Edilson Xavier de Menezes/Edmen

Teu rastro é observado
pelo coração, com alegria
e emoção...
Por que és fêmea linda e
formosa, assim te vejo,
assim te quero por todos
os dias de minha vida.

 

 

Teu Rastro

Sônia Nogueira

Foi ventania forte no passado
Carregou emoções viveu sonhar
Na mordaça coração apeado
Sem rédeas caminhou sem parar

Teu rastro inquietou-me deveras
Fugia, retornava faltou emoção.
Abriu a janela fez quimeras
Calada no silêncio em furacão

Debrucei o olhar na ribanceira
E foi-se teu rastro na contramão.

 

 

TEU RASTRO...

Edvaldo Rosa

Em mim pulsam as marcas de tua passagem,
Às vezes como aragem, outras como andarilho contumaz...
Em mim existem as marcas de teus beijos,
Daqueles carinhos tão caros a nós dois...
Em silêncio, tendo a noite como camuflagem!
Em mim, corpo e alma,
Com raiva e com calma,
Existem teus passos...
Teus rastros dentro de nossas noites altas,
Tementes das manhãs fugidias!
Em mim o teu rastro, prova a tua presença,
E marca como farol em noites densas,
A saudade que sinto, a cada instante lento, de tua ausência...
Que me magoa por demais!

 

 

Edição Mara Pontes

 

 

:::VOLTAR:::