PARTICIPANTES

 

 

1-Cássia Vicente
2- Clara da Costa
3-Eduardo Gragnani
4-Heloisa Abrahão
5-Cibele Carvalho
6- Oswaldo Castellari
7- Ary Franco
8- Neusa Mendonça
9- Ilze Soares
10-Zé Ernesto Gaia(Portugal)
11-Solange Bretas
12- Candy Saad
13- Sonia Salete
14- Naidaterra
15- José Ernesto Ferraresso
16- Maria Tomasia
17-Yeda Soares Shiviacowsky
18- Helena Luna

 

19- Reginaldo Honório da Silva
20-Arianne Evans
21- Cida Micossi
22-Maria Olga de Oliveira Lima
23- Marinez Stringuetta-(Mara poeta)
24-Maria Olga de Oliveira Lima
25- Mário Feijó
26-Maria Petronilho
27-Elvira Almeida
28- Nilza Stringhetta Rossi
29-Maria de Fátima Delfina de Moraes
30- Ninita Lucena/31- Susana Mendes
32- Zenaide Giovinazzo
33- Iza Mota
34- Eri Paiva
35- Débora Acácio

 

 

 

 

Setembro

Cássia Vicente

Quando setembro chegar
ah! nem quero pensar
vou deixar que me leve
me seduza com seu calor
me abasteça com sua paixão
me faça sentir a virgem
dos gêmeos de mel...
ah! quando setembro chegar
quero ser a musa
a instropectiva diva
a mais famosa intrusa
nos trinta dias
da sua lida...

 

 

 
SETEMBRO

Clara da Costa

Ah, quando setembro chegar,
quero sentir o aroma das flores,
inalar o perfume do amor
que exala de ti.
Ah, quando setembro chegar,
nos teus braços vou me aconchegar
no teu cheiro de flores me embriagar,
muitos beijos te dar,
meu amor te declarar.

 

 

SETEMBRO

Eduardo Gragnani

Tempos perfumados,
Aromas despejados,
Magia que me faz gingar de desejo,
Meu amor por ti que almejo.

 

 

Setembro

Heloisa de Freitas Abrahão

Ah! Setembro chegou...
Trazendo na mala muito amor,
Vem chegando a primavera,
Estação primeira do meu coração.
Setembro o mês preferido,
Com ele faço canção...
Suas cores, seus odores...
Meus sonhos...
Meus amores...

 

 


Setembro

Cibele Carvalho

Setembro abriu-me as portas
de novas perspectivas
apontou-me novas rotas
criou-me expectativas.
Abriu meus olhos pra vida
e mostrou-me a direção
a ser, doravante, seguida.
Eu seguirei adiante,
desabrochando com as flores
que se abrem a cada instante.
Meu caminho será fácil
e direto à minha meta.
Eu não vacilarei jamais,
sempre firme, forte, ereta!

 

 

GIRA
GIRASSÓL

Oswaldo Castellari

Foi o tempo
Passou célere
Não ouvi tua voz
Embora poeirento
Que os olhos fere
Não ver os girassóis.
As nuvens cinzentas se fez dissipar
Fez luzir o sol no renascer
Para que meu amor sinta
Com os girassóis no seu voltar
Com sua beleza no florescer
Sua cor amarela no insolar.
Nessa beleza que se forma
Vamos encontrar amor
Dos girassóis na tarde morna
Com meu coração em chama
P’ra te oferecer com ardor
No acalentar de tua alma.
Assim te ofereço
Nesta primavera que desponta
Porque tua beleza mereço
Como o sol no céu aponta
A cada passo cresço
Na paz que meu coração encontra.

 

 

Setembro

Ary Franco

Até que enfim chegaste,
trazendo a tiracolo todo o calor e olor do meu
imenso amor.
Fui recebê-la na porta, esmagando
a saudade entre nossos abraços apertados
e afogando-a em nossos beijos trocados.
Desde a eternidade de agosto não a via.
Estava mais linda que nunca.
Carreguei-a no colo e da sala não
passamos. Por alí mesmo ficamos,
trocando nossos entrelaces de amor.

 

 

Setembro

Neusa Mendonça

Ah! Este mês lindo florido
Onde há sintonia entre o sol e a lua
As flores o orvalho cintilante
Onde reflete o brilho do sol da lua
em clima de eternos amantes
Ah! Setembro mês dos amores
Recordo de um rosto que sem querer
eu beijei e louca me apaixonei
Foi um amor maravilhoso de pura
paixão e sintonia.
Hoje quando chega setembro
de saudades minha alma fica
nesta terrível agonia
Saudades de um amor lindo
e verdadeiro, onde brilhou o sol
a lua como cúmplice deste amor
verdadeiro...

 

 

Setembro

Ilze Soares

Quando setembro chegar
e as flores desabrocharem,
o perfume reinará no ar,
meus hormônios vão aumentar...
E eu, toda faceira,
encontrarei aquele que me fará feliz
pela vida inteira!
Ah!...Quando setembro chegar!

 

 

Setembro

Zé Ernesto Gaia

Vindimas, uvas, lagarada, mosto!
Setembro, Signo de Virgem, pureza...
Perfeita pró amor como eu gosto.

 

 

Setembro

Solange Bretas

Da rosa que fui,
ficou a essência.
Do amor que vivi,
restou a saudade.
É setembro de novo
trazendo a vontade
de fazer florescer
um amor de verdade!

 

 

Em Setembro

Candy Saad

O manto colorido e vibrante
Abre-se como os braços do amante
Para receber sua amada
A vida recebe a primavera!
Chega encantada
Vestida de ouro e cores
Faz festa para as abelhas
Que felizes dançam no doce do mel
Por onde passa deixa
Rosas vermelhas
Rastros de flores
Tardes cor de rosa
Aromas
Cantos
Amores
Dissolve as tristezas
Encobre com sua beleza
As dores da saudade
Coloca mel nas taças dos amantes
Que amam na primavera mais que antes.

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1824008

 

 

Setembro

Sonia Salete

Sempre...
Eternamente setembro...
Florindo a vida,
Eternizando verdes perfumes...
Cobrindo a relva de flores
Fazendo os sonhos em mil cores.
Ah! Setembro,
Setembro dos meus amores...

 

 

SETEMBRO

Naidaterra

Flores, amores e cores...
Setembro brilha e faz
de nós pessoas mais
alegres, otimistas
e claro, nos incita
a viver,
grandes emoções...

 

 

Setembro

José Ernesto Ferraresso

Quando setembro chegar
quero viver este momento
junto às lindas flores
colhê-las para você ofertar.
Quero sentir outro ar acontecer,
e as maravilhas dessa estação chegar
para lhe agradar.
Você merece meu amor,
passamos a vida do inverno à flor,
para realizar nosso amor.

Vamos juntos celebrar
curtir muito e ver
a Primavera chegar.

 

 

SETEMBRO

Maria Tomasia

Setembro, mês das flores,
espargindo os mais diversos
odores e de todos os amores.
Das músicas, que estão no ar,
dos sonhos, que se realizarão.
Nas árvores, os pássaros cantam,
convidando a todos para amar.
Mês ameno, ideal para passear
e, pra quem está sozinho, até
um novo amor, encontrará.
Primavera que canta
e a todos sempre encanta.
Quem tiver o coração aberto
e ficar sempre desperto
viverá intensa emoção.

 

 

 
SETEMBRO

Yeda Soares Chiviacowsky

Quando setembro chegar
trará consigo o amor...
Os dias ficam mais lindos,
as manhãs ensolaradas,
as flores crescem sorrindo,
e as crianças nas calçadas
correm despreocupadas
brincando de "amarelinha".
E os amores, onde estão?
Guardo todos com carinho
dentro do meu coração...

 

 

FOI EM SETEMBRO

Helena Luna

Foi em setembro,
eu me lembro
que nasceu o nosso amor.
Sem aviso ele chegou,
Não disse o quê ele vinha,
porém ,depressa, ocupou
a tua vida e a minha.
Nos amamos sem motivo
nos jardins do Paraíso,
e basta olhar o teu sorriso
para dizer: por ti vivo.

 

 

SETEMBRO! AH! SETEMBRO!

₢ Reginaldo Honório da Silva

Sou de virgem, mas setembro não me tem
No batismo sou de virgem
No cartório sou de cancer
Graças a Deus o cancer não me tem
Ah! Mas o setembro não me ter eu lamento
E comemoro meu tempo
Na sexto dia de setembro
O dia do meu advento
O dia que mamãe me deu à luz
Numa tapera à beira do roçado
Onde o fogo de setembro
Queimou o campo e o gado
Mas essa tapera também não me tem
Dela parti ainda sem um mês
A terra onde nasci não me tem
Mas setembro! Ah! setembro
Eu me lembro que o seu sexto dia
É o dia do meu advento.

 

 

SETEMBRO

Arianne Evans

Mês de setembro é um elo
com a gloriosa beleza:
inimitáveis sinfonias
criando Paz e harmonia
entre a deusa natureza...
Vem com ele a primavera,
perfumes, frutos e flores,
tão bela transformação
que vai brotando do chão,
e dos corações, amores...
Quisera que a minha vida
imitasse a primavera,
que tudo se renovasse,
que eu nos teus braços ficasse,
qual flor real, não quimera...

 

 


SETEMBRO

Cida Micossi

Quando setembro chegar
Em Descalvado quero estar
Lembrar dos tempos felizes
Da infância inocente e livre
Jabuticabas no pé apanhar
Ao desfile cívico assistir
Na festa da Padroeira divertir
Velhos amigos encontrar
E assim matando saudades
De um tempo bom, sem maldade
Em Descalvado quero estar
Quando setembro chegar.

 

 

 

 

Quando Setembro chegar...

Maria Olga de Oliveira Lima

Quando setembro chegar e trouxer
As mais variadas cores da primavera
Quando os odores das rosas
Perfumarem novamente nossos jardins,
Feridas estarão cicatrizadas
Mágoas e dores dissipadas
Esquecidas!...
Levadas!...
Para longe conduzidas...
O branco, o azul, o verde, o róseo
Abraçar-se-ão na intendidade da amizade
Formando o fundo do mais lindo colorido.
Acontecerá, então,
o laço do Amor!
Uniremos as mãos,
Entoaremos para ti,
novas e comoventes canções
E teu nome fará, uma vez mais,
Plenamente felizes,
Nossas almas e corações.!
Quando setembro chegar e trouxe

 

 


SETEMBRO

Marinez Stringheta

Quando setembro vier
Eu quero voar
Por entre as primaveras
Ipês amarelos
E borboleta que sou
Debruçar-me nas pétalas das rosas
Sonhar... Sonhar... maviosa.

 

 

SETEMBRO É MÁGICO

Mário Feijó

Ontem eu “sempre-viva” era perene nos campos
Hoje “folhas secas” rolo de um lado pro outro
À mercê de qualquer vento, brisa ou furacão...
Quando fui “bambu” apenas curvava-me sem quebrar
Guardava as cicatrizes e sofria calado
Apenas gemia ao açoite dos ventos...
Ficou em mim um vazio
Que mais parece bonança
Mas em meu peito o coração parou
Tamanha a saudade que do espaço se apossou...
Espero ansiosamente por setembro
Porque eu sei que com ele
O sol aquece meu corpo
E novamente posso florescer...

 

 

Perpasso Setembro

Maria Petronilho

Tarde
que me embala
nostálgica cinza
eu que sou menina
rosa entre fechada
ao frio que entra
tarde
que me embala
meio adormecida
rosa entra aberta
ao calor que abala
tarde
que me eleva
suave matizada
eu sou guitarra
que trina que canta
lânguida ternura
Perpas

 

 

Setembro

Elvira Almeida

Setembro chega com o cheiro a Terra parida
como uma onda
de trigo loiro
em searas batidas pela aragem da tarde...

Bebe do mosto das uvas vindimadas
e se desfaz nas primeiras chuvas de Outono !

 

 

Setembro

Nilza Stringhetta Rossi

Minha janela encantada
Lindas rosas de setembro
Brincam comigo as rosas
Bailam pétalas macias
As rosas de setembro
A brisa beija as rosas
Chuva petalar setembrina
Para dentro da janela
Neste setembro
Primavera
Menina

 

 

QUANDO SETEMBRO CHEGAR...

Maria de Fátima Delfina de Moraes

cobrindo os canteiros de flores
trazendo aos muitos amores
o encanto dos buques,
quero estar a teu lado
ouvindo teus sussurros,
matando saudades de nós.

 

 


MÊS DE SETEMBRO

Ninita Lucena

Setembro, primavera, flores,
Tudo perfumado e colorida,
A vida toma um novo sentido
E se abre aos grandes amores.

O ar exala agradáveis odores
E vai semeando nova vida,
Vida no belo aqui refletida
Na diversidade de cores

Que parecem refletores
Contendo, sendo contida
A linda primavera da vida
Em seus papéis e atores.

 

 

Setembro dos Beijaflores

Susana Mendes

É Primavera!
As flores recebem,
do beijaflor, o seu amor!
E o poeta encantado,
versa...
Com tanto ardor,
que em seus versos,
beija, com emoção,
o seu grande amor!

 

 

SETEMBRO

Zenaide Giovinazzo

Setembro chega florido,
desencadeando amores,
preparando a vida
para o aconchego...
E os delírios se soltam,
os voos mais loucos
invadem a mente
deixando-me a espera
do seu mágico chamego...

SP/15/09/2010

 

 

Quando setembro chegar

Iza Mota

Aguardo ansiosa as tardes de setembro
mornas, douradas, aromatizadas.
Cabelos soltos, saias rodas,
olhos brilhantes, sorriso no rosto,
desejo de desabrochar percorrendo o corpo,
nos lábios o sabor do vinho do porto
para brindar a primavera que com meu amor
vou ver chegar.

 

 

 SETEMBRO

Eri Paiva

É só encanto e beleza,
É a estação do amor!
Sorriso da mãe natureza
Em cada botão de flor!
Tempo de festa e cores
Animando corações,
Amantes e seus amores
Extravasando emoções!
Nesse tempo de alegria,
Momento de primavera,
Estar em tua companhia,
Meu bem, como quisera!
Imitar as borboletas,
Nas flores a namorar;
Como os lindos colibris,
Beijar tua boca, beijar!
Pétalas de todas as cores
No banho prá nos refrescar...
E essência de mel de flores
Prá noss ‘ alma perfumar...
Tudo isto e muito mais
Tem setembro prá nos dar!

 

 

Quando Setembro Chegar

Débora Acácio

Contemplo maravilhada a paisagem bucólica
Admirando a beleza e magia da natureza
Me perco entre um perfume e outro...
Viajando com os colibris
Deleito-me absorto no arco-iris
Cabelos aos vento
Aguardo que nem menina sapeca e levada
As fantasias junto com as folhas a se assanhar
Aguardo meu amor
Junto com as flores aninhar.

 

 

Edição Mara Pontes

 

Selo participação

 

 

:::VOLTAR:::