PARTICIPANTES

 

 

1- Clara da Costa
2- Marcos Sergio T. Lopes
3- Marlene Constantino
4- Zenaide Giovinazzo
5- José Ernesto Ferraresso
6- Ilze Soares
7- Humberto-Poeta
8- Eduardo Gragnani
9- Maria Thereza Neves
10- Gildina Roriz
11- Cibele Carvalho
12- Paulo Silveira de Ávila
13- Bernardino Matos
14- Yeda Soares Shiviacowsky
15- Anne Oliver
16- Helena Luna
17- Antonio Cicero da Silva
18- Angela Conde
19- Regina Bertoccelli
20- Cássia Vicente
21- Maria Tomasia
22- Beki Bassan
23- Cel (Cecília Carvalho)
24- Edson Gonçalves Ferreira
25- Ary Franco
26- Armando Sousa (Toronto-Canadá)
27-Maria de Fátima Delfina de Moraes
28- JVerdasca (Portugal)
29- Solange Bretas

 

30- Cida Micossi
31- Malubarni(Portugal)
32- Eri Paiva
33- Zé Ernesto Gaia (Portugal)
34- Nidia Vargas Potsch
35- Marco Toledo
36- Cibele Carvalho
37- Maria Olga Oliveira Lima
38- Clair Edelweiss
39- Dalila Albuquerque
40- Bartô Jr
41- Fátima Mello (Fofinha)
42- Nivaldo Ferreira
43- Armando Sousa (Toronto-Canadá)
44- Nilza Rossi Stringhetta
45- Marinez Stringhetta/Mara-poeta
46- Katarina Madeiro( Portugal)
47- Ervin Figueiredo
48- Armando Sousa (Toronto-Ca)
49- Mavi Lamas
50- Tarcisio Ribeiro Costa
51- Renate Emanuele
52- Wilton Almeida Reis
53- José Carlos Moutinho (Portugal)
54- Luiza Benício
55- Oiarabit
56- Malubarni(Portugal)
56- Conselheirodapaz-Marcelino
57- Ruthy Neves
58- Maria Olga de Oliveira Lima

 

 

 

ABANDONO

Clara da Costa

Uma sensação de abandono
me acompanhou na hora da despedida
como se tivesse sem dono.
Nas ruas vazias
me senti perdida...

 

 

Abandono

Marco Sergio T .Lopes

Um arrepio tão frio
Brilhando os olhos sem parar
Uma nascente que fez rio
Que até hoje se faz desaguar

 

 

ABANDONO

Marlene Constantino

Um abraço sem braço,
um beijo no vácuo,
as areias fazem leito
num deserto,
onde o riso perde a cor.

 

 

ABANDONO

Zenaide Giovinazzo

Como ave sem ninho
perdi-me no espaço.
Debati-me, lutei,
gritei, chorei!
Quem me dera seu abraço...

SP/16/12/09

 

 

ABANDONO

José Ernesto Ferraresso

Difícil a despedida,
a separação,
porque maltrata coração.
Falta carinho e transtorno
um momento,
abandono é tormento.

SerraNegra

 

 

Abandono

Ilze Soares

Tristeza na despedida...
Olhar vagando, alegria perdida...
Nas ruas vazias, lágrimas quentes
escorrendo pelo rosto ...
Abandono... triste sensação
apertando o coração.

 

 

CAMAS VAZIAS

Humberto – Poeta

Sou de outra e de outro és,
mas do amor nada mais temos,
vivendo eterno revés!
Tu e eu, em ais extremos ,
somos, num mar sem marés,
nautas de um barco sem remos!
E no entanto – que ironia –
nos dá o destino mesquinho:
tu numa cama vazia
e eu na minha tão sozinho!

 

 

 Emoção do abandono

Eduardo Gragnani

Haverá um tempo em que meu coração,
Explodirá de emoção,
Alguns chorarão,
Outros sorrirão,
Mas ambos sentirão,
A dor e a saudade da minha paixão.

 

 

Abandonada

O meu destino,
como um vento irado,
me deixou sozinha!

Maria Thereza Neves

 

 

 ABANDONO

Gildina Roriz

Hoje abandono, de vez, o sofrimento.
Devolvo-te intacta a minha paixão!
Sentimento que faz mal ao coração,
Não é amor, é maldição!
Viro de costas ao teu charme e cortejos
Não mais interferem em meus desejos!

 

 

Abandono

Cibele C.Teixeira

Suas palavras rolaram
pelos degraus da escada...
meus sonhos, atropelaram,
deles, não restou nada.
O cadáver do amor
ficou no chão, estendido.
Sucumbiu àquela dor,
caiu sem fazer ruído

 

 

ABANDONO

Paulo Silveira de Ávila

As ondas marulham uma melodia
e a musicalidade enche-se de palavras
para torná-lo segredo.
O sol causticante arde o corpo, queima a pele morena
e um suspiro enche o ar de saudade.
No rol de uma poesia
sua ausência esvazia a presença física
onde ao sabor de vento faz-se calar.
Na aurora que acorda os enamorados
o desejo é mais desejo
que nina o grande sonho
de encontrar-te em qualquer esquina da vida.

 

 

ABANDONO!

Bernardino Matos

O mais sofrido abandono,
é aquele silencioso,
que chega a ser revoltoso,
que tem cara de outono,
com um ar de cão sem dono,
não se expressa claramente,
mas deixa a alma da gente,
com a falta de carinho,
no aconchego do ninho,
sem ter mais do amor o abono.

 

 

ABANDONO

Yeda Soares Chiviacowsky

Que sensação é essa que nos deixa sem chão,
sem prumo e sem direção, sem forças para lutar,
sem saber pra onde ir, sem nem conseguir chorar?
sem nem conseguir chorar?
É o abandono do amigo que se afasta,
levado pela desconfiança, pela própria insegurança,
pelo orgulho ferido, levando a nossa esperança...

 

 

Esse Abandono

Anne Oliver

Abandonada mesmo ao seu lado.
Em sua companhia sou sozinha
Em seus planos ilusão
Me permita...então
Logo
Um abandono completo
Inevitável...
Quero apenas estar comigo mesma.

 

 

ABANDONADA

Helena Luna

Abandonada – perdida,
sou como fera ferida,
que não sabe onde se esconda.
Grito alto em sobressalto:
espero que tu respondas.

 

 

QUANDO ABANDONADO

Antonio Cícero da Silva

Quando abandonado,
a auto estima desaparece
e com olhar tristonho
pelo peso do abandono,
a pessoa fica a sofrer ,
vagar e muito divagar
sem vontade de viver.

 

 

Abandono

Angela Conde

A inesquecível cena,
as costas viradas,
um pra cada lado...
E aquele que fica,
sente-se pela metade,
sempre faltando um pedaço...

 

 

SÚPLICA

Regina Bertoccelli

Eu preciso de ti neste momento,
estou só e amargurada.
É tão grande meu sofrimento,
tão longa a madrugada...
Tenho a alma triste e cansada,
vagueio perdida no vento.
Eu preciso de ti neste momento,
estou só e amargurada.
Não me deixes aqui ao relento,
preciso por ti ser amada.
Dou a ti meu consentimento,
faça de minh'alma tua morada.
Eu preciso de ti neste momento...

 

 

ABANDONO

Cássia Vicente

... estado de alma vazia,
frio em pleno sol do meio dia,
suor exalando cheiro acre,
todos os chocolates do mundo...

 

 

ABANDONO

Maria Tomasia

Quando somos abandonadas
sentimos uma dor infindável.
É pior que uma punhalada,
que no coração fosse espetada...
A cicatrização é demorada,
mas, depois que estamos curadas,
passamos a tomar mais cuidado...
Para que novamente não aconteça
e nos tornemos pessoas amarguradas!

 

 

ABANDONO

Beki Bassan

Sinto uma sensação estranha.
Será uma separação momentânea
ou será uma despedida para sempre?
Neste momento sinto-me vazia,
creio que você me abandonou
numa rua sem saída perdida no espaço.
Retornarei logo pois encontrarei,
uma pessoa digna de meus afetos.

 

 

ABANDONO

Cel (Cecília Carvalho)

Solidão que se confunde ao abandono
e reflete-se em meus tristes dias
como se fosse eu um cão sem dono.
No espaço em que vivo,
um imenso vazio ...

Ilhéus-Ba

 

 

Abandono

Edson Gonçalves Ferreira

Abandono-me em teus braços,
Aconchegante são as reentrâncias do teu corpo amado,
Um perfume natural enche o nariz de minh´alma dolente
E, feito gato manhoso, repouso sobre o teu ventre querido
Sorvendo de tua boca o gosto do nosso amor venturoso
Ao sol da nossa ventura.

 

 


Abandono

Ary Franco

Minhas palavras voltam no eco do espaço.
Neste dorido abandono choro e me lamento.
Meu amargurado coração bate em descompasso.
Nada me restou, apenas tu em meu pensamento.

 

 

Abandono

a noite chegava
ficou minha virilidade ao abando
esqueceme de minha amada
agarrou-me o sono
veio a madrugada
o amor de retorno

Por Armando sousa
Toronto Ontario Canada

 

 

Lágrimas desaguam...
Mar de tristezas em velada angustia
lançou-me ao vácuo da desilusão.
Disseste adeus!

Maria de Fatima Delfina de Moraes

 

 

A B A N D O N O

Todos somos livres, ninguém tem dono
Só as coisas e animais possuímos
Assim, ninguêm ficará jamais ao abandono
Talvez exceptuando os reis e raínhas
No trono
Local onde a solidão é total
Mesmo "absoluto" sendo o Poder
Já que homem algum
Assim o pode exercer
Ou querer

JVerdasca

 

 

Abandono

Deixo aqui essas mágoas
com ela, deixo também as dúvidas.
Te devolvo o sabor do despreso, ele é seu!
Não levo nada na lembrança,
não cabem na mala nem na mente.
vão ficar na gaveta, todas as imagens
já retorcidas por uma visão ferida.
Já não me preocupam as frias palavras,
estou preferindo a exata solidão do silêncio.
Busco um espelho que me fale a verdade
e uma caneta que escreva com sangue.
Pra terminar, fica com os sonhos,
esses viraram pesadelos e,
porque eu já nem durmo, não me farão falta.
E se pensa que é um abandono, acertou!

Solange Bretas

 

 

ABANDONO

Abandonar-se no leito
Junto com a pessoa amada
É algo assim tão perfeito
Que não se quer pensar em nada
Mas há um outro abandono
Esse sim muito cruel
É quando um deles desiste
Ao outro a vida parece fel
Grande sensação de vazio
De ser deixado de lado
Sente-se o coração frio
Tudo perde o significado

Cida Micossi

 

 

Abandono

Quase não avisto o cais
a sensação de abandono cresce
meu adeus ficou no ar
já meu amor, não posso dar
e no abandono nada floresce

Malubarni

 

 


ABANDONO

Eri Paiva

Quisera despertar do triste sono
Em que a minh'alma mergulhou,
Desde o dia em que tu partiste,
Deixando, ao abandono,
Um coração que só te deu amor...

 

 

Pálida, bebeu cálice d' absinto!
Nua brancura ao Abandono...
Louca, desatina pr' amar, pressinto.

Henri Toulouse Lautrec »» 1894
ZÉ Ernesto Gaia

 

 

Ausente

Nídia Vargas Potsch

Amor ausente
aflitivas lembranças,
partida precipitada...

@Mensageir@

 

 

ABANDONO

Vejo-me longe de ti, mas não abandonado...
Sinto-me, aí, juntinhos como dois apaixonados.
Nunca me senti um cão sem dono,
jamais tive medo do abandono...
Tudo porque o que sentimos é amor.

amém
Marcos Toledo

 

 

ABANDONO

Cibele Carvalho

Quem ama não se sente ao abandono.
Não somos sós, se o coração tem dono.
A lembrança do amado conforta
e sentir seu calor é o que importa.
A presença é pouca? Não interessa!
Quem ama de verdade, não tem pressa.
O reencontro é uma explosão de amor
- seja quando der, seja como for!

 

 

ABANDONO

Maria Olga de Oliveira Lima

Sem o teu abraço
Sem o teu carinho
Sem o teu amparo
Estou sem ninho,
Abandonado
Muito sozinho!!
Assim, sem dono
Não vejo saída.
E neste abandono
Trago contados
Os solitários...
Dias!...

 

 

ABANDONO

Saudade pode ser abandono
Se marcada pela solidão
Mas também pode ser alegria
Quando tomada pela razão
Abandono é ser sozinho...
Porém, estar sozinho por querer...
Jamais será abandono!

Clair Edelweiss

 

 

Abandono

Dalila Albuquerque

Era uma noite clara, clara
A pequena sobre o sofá, dormia
Do lado, sua mãe pensava,
Afagando-a.
Sua mãe sofria...
Era uma noite clara
E a lua reluzia.
Era uma noite clara,
A madrugada chegava fria
A amargura emoldurava
Aquela cena sombria
Onde estaria o papai?
Nos braços de quem estaria?
Era uma noite clara
Foi uma vida fria
Era uma noite clara
E a vida seguiu vazia....

 

 

O ABANDONO:

Palavra ruim até de se ouvir
quanto mais de existir
de viver, de se sentir
quando estamos abandonados
ficamos sem amigos e sozinhos
ficamos até rejeitados
ficamos sem sentir carinho.

Bartô Junior

 

 

Abandono

Fátima Melo (Fofinha)

Um aperto no peito,
de um grito contido
e uma lágrima perdida

 

 

SONETO DO ABANDONO...

Nivaldo Ferreira

Despido desta armadura insólida
Deixei cair os meus sentimentos,
O espelho mostra a emoção estólida
Que deixei em lágrimas há tempos...
Fui vândalo, e destruí os teus sonhos
Carnífice eu fui das tuas puras emoções,
Romperam dos teus lindos olhos castanhos
Lágrimas de sangue em largas comoções...
Vi-te um dia tão só, na estrada do destino
Resvalei em teu olhar, que ainda machucado,
Olhou-me sem palavras, e ainda em desatino...
Dobraste a esquina, sem ao menos olhar para traz,
Contive-me para não mais acordar o fel do passado,
Siga ex-amor teu abandono, que aqui, eu sigo jáz...

 

 

Abandonado

Armando Sousa

Sofrer a crueldade do abandono não saber porquê
E muito duro de roer este desprezo do destino
Eu que tanto acreditei nesta confidencia com você
Mas tenho de aceitar assim; ordens dum ser divino
Mas amor; digo-te; esta dor cortante faz mal, faz doer
Sabendo que nada é para sempre, tudo volta ao nada
Chega à noite; sentindo o abandono; quero morrer
Mesmo não sendo meu grande amor, minha amada
Sinto-me o abandono, tinha confidencia, ser querido
Poetar era minha vida, meu grande e sincero amor
Perdão amor, casado contigo poesia, sou teu marido
Alguém te virou a direcção, falta-me agora teu color
Estou acordado escrevendo e esperando que chegues
Sinto falta de teu incentivo, coragem que de ti recebia
Eu te devo tanto, tu também alguma coisa me deves
Era-mos o sabor, sal e pimentas, que falta na poesia
Volta, ou diz duma só vez, deixa-me; de ti me separei
Es mais um de quem ri-o, de tua grande insensatez
Eu te digo, foste alguém na vida a quem muito amei
Tudo passa à historia; principiando. Era uma vez....

 

 

ABANDONO

Maria de Fátima Delfina de Moraes

O abandono do ninho
Deixa triste o passarinho
Árvores todas cortadas
Poeira ao longo da estrada
Separada a família
Ilhada no fogo ardente
Irresponsável homem
Destrói a natureza
Beleza a aconhegar
A vida sempre
a criar

 

 

ABANDONO

Marinez Stringuetta/Mara poeta

Abandonada... No fim da caminhada
Noite calma.Tua mão na minha
Entrelaçada
O momento chegou.Qual sentimento restou
O sabor do beijo...O olhar de desejo
Quando
(novamente) "te vejo"

 

 

Abandono?...

Katarina Madeira

Um sentimento confuso
que chega sem ser chamado
sem uma resposta precisa
somente desordenado
Abandono? Desapego?
Penso e torno a repensar...
O vento não traz resposta...
Só o silêncio das palavras
que ficam mudas no ar

Barreiro - Portugal

 

 

ABANDONO

Ervin Figueiredo

Emoções suprimidas, torcidas,
Sentimentos todos esvaziados
Pensamentos bizarros, suicida,
Alma e corpo, ambos rasgados...
Um vazio que fica, o chão some,
Em queda livre resolvo, me atiro,
Sem suportar do amor esta fome
Meu peito sem ar, paro e respiro.
Balbucio seu nome, você já sumiu;
Me dei a você, você nem me viu,
Não notando a minha presença...
Me tratando feito um cão sem dono,
Me perdi de mim, fiquei no abandono
Desaparecendo, deixou-me a sentença !

 

 

Abandono

Armando Sousa

abandono é a mente só
deixa-a ver luz e seu sentir
alegra-te ninguem tem dó
as flores estão para ti a sorrir.

 

 

Abandono

Mavi Lamas

vento soprou mais forte
batendo portas e janelas
As paredes pareciam sair do lugar
Gritos de dor e de saudade se misturavam
Perdição de sentidos
levando-te tão longe de mim...
Tristemente insuportável...

 

 

ABANDONO

Tarcísio Ribeiro Costa

Estou em desencanto,
Abandonado! Dói meu coração!
Sinto-me desorientado.

 

 

MADRUGADA DE ABANDONO

Renate Emanuele

Uma madrugada dolorida
Enquanto que a solidão
Aperta demais o coração
É quando a alma ferida
Espera a pessoa querida
Que adentre ao portão
Não existe sono que vença
É todo o som que se cala
É um frio que atinge a sala
Silêncio gritando a sentença
Assombro, a cabeça tensa
É o medo que se instala
Não há nada que distraia
Nem o que possa consolar
A lágrima que se põe a rolar
A solidão que seu sono vigia
Vê então clarear mais um dia
Amou quem não deveria amar .

 

 

Abandono

Muito triste para quem não tem a quem a amar
Sentir-se só e não poder com a felicidade sonhar
Viver sem um amor e em completo abandono
A perambular nas ruas como um cão sem dono.

Wilton Almeida Reis

 

 

 Abandono

José Carlos Moutinho

Quando disseste que não me amavas,
Que tudo de repente acabara,
Foi um acto irreflectido,
Da perda da tua consciência
E do abandono a que me votaste!

 

 

ABANDONO

Luíza Benício

Um lar desfeito por abandono...
É muito triste, principalmente quando tem filhos.
Assistimos sempre o desenrolar de casos de abandono
Em lares com muito sofrimento!
A maioria acontece com casais jovens e já com filhos!
Geralmente são pessoas que não têm maturidade.
Muitos nem assumem compromissos e têm filhos
O amor é só um gozo momentâneo e irresponsável!
É quase sempre a mulher que fica com os filhos
E impossibilitada de trabalhar!
Vive amargurada, cobrando atenção do ex- amante
E este, totalmente irresponsável, nem admite ver ou ajudar
Seus filhos e a ex-mulher,
Esta por sua vez nem pode trabalhar!

 

 

ABANDONO

Menina deitada
bem rente à calçada
As roupas surradas
de chuva encharcadas
sujeira no chão.
Os sonhos se indo...
O amor se evadindo
do seu coração.
Mulher atirada
à beira da estrada
No abandono jogada
sem mais ilusão.

-Oiarabit-

 

 

 Abandono

Malubarni

Tua visita relâmpado
Só atiçou minha cobiça
Foste um raio num lago
envolto em braços de preguiça
Hoje estou só e abandonada
porém,minha mente está moldada.

 

 

Abandono

Conselheirodapaz- Marcelino

A dor que punge em minha alma solitária e triste,
E marca de um grande e eterno amor que não existe,
Marcas de batom que se apagaram ao longo do tempo,
Restando as lembranças do abandono que ficou.

 

 

Abandono

Ruthy Neves

Entrei e não achei lugar.
O seu coração estava ocupado.
Tinha por todo lado...
resquícios de um abandono precipitado.
Tentei arrumar as lembranças...
Você se sentiu ultrajado.
Elas eram importantes.
Você não queria nada guardado.
Impossível a convivência.
Mesmo outro amor se apresentando...
elas incomodavam com freqüência.
Deixei-o... sempre para trás olhando.
Precisava do seu eu... da sua essência.
Num triste adeus acabei tudo abandonando.

 

 

ABANDONO

Maria Olga de Oliveira Lima

Tão unidos fomos!
Hoje, apenas somos
Dois seres sem dono,
Seguindo a doída trilha
Do abandono...

 

 

Edição Mara Pontes©

 

:::VOLTAR:::