PARTICIPANTES

 

1- Clara da Costa
2- Cássia Vicente
3- Orlando Caetano
4- SoniaRubim
5- Sonia Nogueira
6- JAS
7- Yna Beta
8- Ary Franco ( O Poeta Descalço)
9- João Coelho dos Santos
10- Maria Olga de Oliveira Lima
11- Eugénio de Sá
12- There Válio
13- Nina Maria
14- Cida Micossi
15- Gina Maia
16- Isabel C S Vargas
17- José Hilton Rosa
18- Zenaide Giovinazzo
19- Mifori
20- Glória Tabet Marson
21- Virgilio M.A.S Roque
22- Marinez Stringheta/Mara Poeta
23-Maria de Fátima Delfina de Moraes
24- Sérgio Diniz Barros Guedes
25- Rita Rocha ;
26- Gutemberg Maciel
27- Ilze Soares
28- José Ernesto Ferraresso
29- MaluBarni
30- Eri Paiva

 

 

 

AINDA QUE SÓ...

Clara da Costa

Renasço das cinzas, volto a voar,
aprendendo ainda a caminhar,
a vida seguir,
continuar.
Fronteiras mentais atravessar,
ainda que só,
tão só...

 

 

AINDA QUE SÓ

Cássia Vicente

Continuo meu caminho,
agora de mãos dadas com meu Eu...
Escolhas foram feitas,
deixei a tua mão,
ainda que só,
farei o meu melhor caminho.

 

 

AINDA QUE SÓ...

Orlando Caetano

Não desfaleço e sigo em frente
confiando em Deus
que me acompanha.
Solidão? Só aparente
pois tenho amigos
tenho família
e não me queixo
porque afinal
mesmo sozinho
meditativo
há sempre alguém
que pensa em mim
e alegre vivo!

 

 

AINDA QUE SÓ

SôniaRubim

meu sorriso é fácil, de graça
isento do dia ditoso ou fictício
por vezes molhado, persiste
eu não sou uma alma triste
Ainda que só
meu sorriso voa livre sem asas
e pousa onde lhe aprouver ser abrigo

 

 

Ainda que Só

Sonia Nogueira

Ainda que só nos teus versos
Eu veja teu olhar melancólico
Ainda que só nas palavras vazias
Sejas um pensar meu, ilógico

Recebo teu sonhar distante
Tua ausência com melancolia
Nas tardes saudosas e frias
Ainda que seja em agonia.

 

 

Ainda Que Só

JAS

Ainda que só, minha maior solidão
É a solidão do homem encerrado em si mesmo,
E no absoluto de si mesmo,
Não dá a quem pede o seu amor...

 

 

 AINDA QUE SÓ

Yna Beta

Sigo a esmo pelas ruas, sem destino
Tentando encontrar uma solução.
Um caso perdido, pobre desatino
Que corrói meu combalido coração.

Desiludida, permanecerei remando
Sacudindo a poeira, sem lamento.
Continuarei perenemente te amando
Sozinha, como a lua no firmamento!

 

 

AINDA QUE SÓ

Ary Franco (O Poeta Descalço)

Sozinho, banhado sob este prateado luar.
Ouço no salão a música “Perdoa” tocar.
Sonho com teu corpo em meus braços.
Levo-te em nuvens dentro do compasso.

 

 

AINDA QUE SÓ

João Coelho dos Santos

Na sua eloquência pôs-se a tagarelar
Com intemporal grandiosidade
Exibindo sorriso galanteador.
Tinha espírito sábio e maravilhoso,

Espírito frio e racional.
Ainda que só,
Travava conflitos interiores
No seu desencanto.

 

 

AINDA QUE SÓ

Maria Olga de Oliveira Lima

Ainda que só,
Contemplo as flores do caminho...
Umas em botão... outras abertas
Ou levemente se abrindo

Balançando-se ao sabor do vento;
Deixando cair suas pétalas,
Embelezando estradas, trilhas e matas.
Em tudo vejo amor, paz, carinho...

Note a beleza de um NINHO!
Agradeço ao Sol!
A esse calor que me aquece a pele,
Às vezes até me queima

Mas... ilumina tanta beleza:
Praias, florestas, mares, cachoeiras...
Meu Deus! Como tudo é tão belo!!
E quanto bem nos faz!

Pena que ainda haja
Corações magoados e entristecidos.
Ainda ando sozinha,
Mas, em minhas alegrias

Não permito a companhia da solidão
Em meus caminhos.

 

 

AINDA QUE SÓ

Eugénio de Sá

Eu, ainda que só, vou insistindo
Em prosseguir escrevendo poesia
Já pensei em parar, mas lá vou indo
Versejando com a minha nostalgia.

 

 

AINDA QUE SÓ...

There Válio

A solidão me acompanha...
Lembranças passadas emergem
E o seu rosto amado eu revejo...
Como se junto de mim estivesse.

Ainda que só... vivo esse sonho...
Que um dia juntos planejamos,
Viver um amor perene
Num lar de paz e harmonia.

Mas tudo não passou de quimera
Ficaram somente os resquícios
Num coração solitário.

 

 

AINDA QUE SÓ...

Nina Maria

Não foi minha, a decisão...
Eu jamais te deixaria!
Preparastes a viagem,
Fizestes tua bagagem...
Tudo, à minha revelia...

Senti que o Sol se apagou,
Que um vento frio me envolveu...
Longe do teu quente abraço,
Voei fora do compasso,
Esqueci quem era eu..

O tempo, porém passou,
E eu, que virara pó,
Renasci qual fosse Fênix,
E agora, na vida, infrene,
Seguirei, ainda que só!!

 

 

AINDA QUE SÓ

Cida Micossi

Inúteis tentativas
De ter alguém junto a mim,
De a solidão driblar,
Ter um cantinho para dois,
Um colinho sem depois.
Nada disso me acontece
E sigo só, tão só,
Apenas (e já é muito)
Em companhia de mim

 

 

AINDA QUE SÓ...

Gina Maia

Na ânsia de te rever
deixei-me embalar pela saudade,
do tempo em que me chamavas querida.
Com a minh’alma sofrida
resolvI ir ouvir cantar o Fado
nas vielas de Lisboa.
Passei pela Mouraria, depois fui à Madragoa
ouvir o Fado Vadio...
Sobe escada, desce rua,
eis que te encontrei, com outra ao lado,
enlaçado, como se fosse tua!
Meu coração deu um salto
mas ali mesmo arrumei
os cacos de um amor falhado,
que depois, ao rio deitei !
Renasci com a madrugada
entre o Fado corrido,
o Fado falado e o Fado canção.
Com o chorinho das guitarras, eu chorei...
Na garganta, tinha um nó
que se desfez, quando cantei
as nuances do meu Fado.
Ainda que só, profundamente só!

 

 

AINDA QUE SÓ

Isabel C S Vargas

Não lamento este fato como infelicidade.
Aprendi a viver em minha companhia
Desfrutando da liberdade
De pautar minha vida por meus gostos.

A vida é cíclica.Vivi rodeada de marido,filhos.
Mãe, tia e irmãos.
Trabalhei,construí minha vida .
Perdi minha tia,mãe,filho,marido,irmão.

Minhas filhas vivem em suas casas.
Por companhia, meus cães, meus livros;
Minha ocupação de escrever e aprender.
Amo meus netos, mas aos pais cabem a criação,

E,desfrutar tudo aquilo que também vivi
Quando eles eram pequenos.
Aceito o que a vida me proporcionou.

 

 

Ainda que só...

José Hilton Rosa

Ofuscando meus olhos
Molham como um choro
Escondido no meu tempo
Assustado sem saber o que era

Querendo esquecer
Viver na solidão
Querendo não ser visto
Viver esquecido

Tempo lembrado
Alegria passageira
Correr para a vida
Querendo viver

Ofuscando meus olhos
Cansados de tanto ver
Esperando o tempo
Viver ainda que só...

 

 

RESUMO

Zenaide Giovinazzo

Quero
ser dona dos teus desejos,
partilhar contigo meus sonhos
e meus desenganos...

Na luz difusa
sentir beijos ardentes,
cobrir-te de beijos molhados,
sentir teu gosto e teu veneno,
e adormecer
enlaçada no teu corpo
ouvindo palavras de amor...

 

 

AINDA QUE SÓ

Mifori

Em todo o meu esplendor
viverei...
Inspirada pelo amor
e pelo conhecimento guiada...

Ainda que só
eu viverei...
a minha vida com louvor,
sem nenhum lamento,
me amando e sendo amada,
na alegria de viver
a vida que escolhi viver.

 

 

Ainda Que Só

Glória Tabet Marson

Partindo, ainda que
só, sigo o meu rumo sem
medo; espero uma vida sem
nó e ser feliz , sem segredo!

 

 

AINDA QUE SÓ

Virgílio Roque

Só erra quem produz
E só consegue produzir
Quem não teme de errar

É a Fé, que a luz conduz
Á melhor orientação seguir
Sem por tormentos passar
Ainda que só, se pareça estar.

 

 

AINDA QUE SÓ...

Marinez Stringheta/Mara Poeta

Continuo a acreditar
Se a corrente se quebrou
O elo não era tão forte.
Enxugo as lágrimas. Levanto a cabeça
Visto-me de seda
Abro as janelas para o melhor.

 

 

Ainda que só...

Maria de Fátima Delfina de Moraes

..recompus meus retalhos
transformando a mortalha;
Ainda que só...
...vesti-me de Rainha,
dei a volta no mundo;
Recompus o mosaico,
em poesias sem fim...

 

 

SOZINHO

Sergio Diniz Barros Guedes

Nunca estou sozinho
Você é meu caminho
Adoro seu carinho.

 

 

Ainda Que Só

Rita Rocha

Ainda que só, vivo a vida,
curto o mundo em matiz;
tenho apoio e guarida
Com meu eu, sou bem feliz!

Coisa inútil não me prende,
me disfarço, caio fora;
vivo a vida bem contente
tudo meu é sempre agora...

Pois o tempo não espera,
sigo só no meu caminho,
não reclamo o que já era,
só por falta de carinho!

 

 

AINDA QUE SÓ

Gutemberg Maciel

Burilando no burilar da vida
Damos de encontro com o passado
Tendo a certeza que, ainda que só, só não estivemos
Pois o auxílio nos veio quando dele precisamos
E socorridos fomos...

 

 

AINDA QUE SÓ

Ilze Soares

Pela vida sigo forte,
Independente de outrem.
Ainda que só,
Deus está comigo
E não preciso de mais ninguém!

 

 

Ainda Que só...

José Ernesto Ferraresso

Recuse-me oferecer seu carinho,
jamais irei lhe esquecer.
Faremos devagar nosso ninho,
para um dia, ali velhinhos viver.
Não importa quanto tempo faltar,
lembre-se que a esperarei chegar.
Não sei se é só ilusão
porém confio, ardentemente, no meu coração.

 

 

Ainda que só...

MaluBarni

Ainda que só...continuo o caminho,
voejo aqui e ali sempre atenta,
Seguirei meu destino até o ninho,
mesmo só, curto, e tudo me alenta.

Nada me esmorece, só fortalece,
busco o melhor em cada novo dia,
busco o dia quando a noite falece,
outro dia,outro olhar, nova poesia.

 

 

 AINDA QUE SÓ

Eri Paiva

Ainda que só, a vida me fascina!
Ao tudo e ao nada que me deste,
Ao pouco e ao muito que fizeste,
Minh'alma agradecida se inclina!

Caminho determinada a me fazer,
Sem você, o que me será melhor!
Descubro, cada dia, o meu poder,
Que posso feliz ser, ainda que só!

Nao nego que chorei e que sofri,
Nao nego que... quase sucumbi!
E sem querer aprendi com o pior!

Tudo é dádiva! E tudo certo está!
O Universo põe tudo em seu lugar!
Sou-lhe grata por me deixares só!

Parnamirim/RN
Em 30. 03. 2018

 

 

Edição Mara Pontes

 

:::VOLTAR:::