PARTICIPANTES

1- Clara da Costa
2- Ary Franco ( O Poeta Descalço)
3- Hamilton Brito
4- ZzCouto
5- Isabel C S Vargas
6- Humberto- Poeta
7- José Ernesto Ferrarresso
8- JAS
9- Glória Tabet Marson
10- Ilze Soares
11- Paulo Silveira de Ávila
12- João Coelho dos Santos
13- Heloisa Abrahão (SC)
14- Eline Santos
15- Yna Beta
16- Sonia Nogueira
17- There Válio
18- Cássia Vicente
19- Gina Maia
20- Eugénio de Sá
21- José Hilton Rosa
22- Marinez Stringhetta/Mara Poeta
23- Maria Olga de Oliveira Lima
24- Zenaide Giovinazzo
25- Cida Micossi

 

 

 

Até Onde
Clara da Costa

Quero entrar na sua vida
ainda que em forma de poesia,
até onde
o amor for capaz de nos levar,
até onde
o peito possa descansar.

 

 

ATÉ ONDE...
Ary Franco (O Poeta Descalço)

Além, muito além do impossível,
do horizonte, do arco-íris, das estrelas...
Até onde...
quer que estejas, buscarei teu regaço
e nele sonharei nossos sonhos inconfessos.
Até onde...
poderemos torná-los realidade, longe
de tudo e de todos, somente tu e eu!

 

 

Até Onde...

Hamilton Brito

No vento das poesias ando pelo mundo
as palavras são as poderosas asas que uso
e qual falcão peregrino atinjo todas as termas
ora são ascendentes , ora me trazem à realidade
e a minha realidade são os teus braços meigos
que é ate onde o vento e a poesia me levam

 

 

ATÉ ONDE...
ZzCouto

Me falarias docemente com
palavras carinhosas,
em tuas próprias palavras.
Até onde...
O espaço do meu corpo está a tua espera
e cada desejo meu se faz no querer-te,
no quanto te quero!
Até onde...
Eu sugaria cada som teu como se fosse
a mais sublime música a me embalar
nos braços teus!

 

 

ATÉ ONDE?

Isabel C S Vargas

Até onde as pessoas irão
Para conseguir objetivos pessoais?
Na atualidade, o que observamos é traição,
Corrupção, imoralidade para atingir metas,
Por conseguinte, imorais, ilegais, desumanas,
Em detrimento dos mais necessitados.
Por um amor até onde alguém é capaz de ir?
Aquilo que é feito por um caminho inescrupuloso,
Macula os objetivos a serem alcançados,
Mesmo que envolva amor.
Até onde alguém pode esquecer princípios básicos
De honra, dignidade, moralidade, educação
Recebidos na família?
Até onde o ser humano desce?
Qual seu limite?
Que a humanidade possa se redimir
Da falta de ética que impera nestes tempos.

 

 

ATÉ ONDE?

Humberto – Poeta

Não me censures jamais
se eu te disser que no amor
constrangimento ou pudor
pra nós dois não existe mais!

Nas nossas escapadinhas,
não sei, entre ações perjuras,
se as mais devassas loucuras
são as tuas ou as minhas!

Se não há como evitar
tais abusos, me responde
até quando e até onde
nós dois iremos parar!

 

 

ATÉ ONDE...
José Ernesto Ferraresso

...vou perambular por estas estradas
caminhar sem direção, para eu me apaixonar.
Cativar alguém e lhe conquistar.
Vou procurar sentir o seu desejo
sofrer até enlouquecer.
Desiludi!
Senti que perdi um amor!
Foi ingrata e não tinha amor no coração.
Causou-me uma grande decepção!
Até quando e até aonde devo ir à procura
de outra pessoa como você para preencher
este dilacerado coração?
Pode me ajudar!?

 

 

ATÉ ONDE ...
JAS

Nossos corpos tremem, com gemidos sem dores,
Irradiando desejos, que explodem
Sem falsos pudores.
Nossas peles desejadas de fazer amor
desprendem cheiros, nas partes tocadas,
E se doam repartindo,
Com carinho e tanto amor
Neste ambiente à meia luz,
De corpos entrelaçados, buscando aplacar a sede,
Movimentos mais intensos, dos sexos em união
Nos levam até onde ...

 

 

Até onde...

Glória Tabet Marson

Até onde disfarçar
todo esse amor resguardado,
até onde o sentimento
não poderá ser mostrado?
Até o meu pensamento
já deve estar abafado...

 

 

Até Onde
Ilze Soares

Até onde nosso amor nos levar,
aqui perto ou longe deste lugar...
O que eu quero é me entregar,
poder amar sem hora pra voltar...
Até onde?
Não sei nem quero saber,
Quero só do mundo esquecer.

 

 

Até Onde
Paulo Silveira de Avila

Passavas por mim e não percebia.
Não sentia nas entrelinhas as frases
do meu olhar que te ditava sentimentos.
O tempo corria, o fogo aumentava
e consumia e devorava,
sem que a revelação viesse à tona.
Até onde...
sem reticências, sem fobias
do distanciamento de nossos corações,
numa afirmação apenas:
Não posso te esquecer.

 

 

ATÉ ONDE

João Coelho dos Santos

Como campo de trigo que ondula ao vento
De espírito vazio, perdido em meditações,
Permanece dócil,
Escondido na sombra suspensa do tempo,
Até onde for possível.

Com mágica palidez e coração latejante,
Cético sorriso a fugir-lhe do rosto,
Desconhece até onde chegará.
É macabra a visão de velho barco a remos
Que chora lágrimas de ferrugem.

 

 

ATÉ ONDE?
Heloisa Abrahão (SC)

Prometemos um amor sem fim.
sem medo, sem barreiras, sem cobranças.
Enquanto felizes e estivermos afim.
Até onde? sem limites, só esperanças.

 

 

ATÉ ONDE
Eline Santos

Até onde vai a saudade,
Se soubesse que caminho escolher,
Se pudesse prescindir, deste padecer?

Por certo, te daria luz pra alumiar teu caminho,
Se soubesse das tuas dores, com aguento de rosas,
Curaria tuas penas.

Se soubesse dos teus pesares,
Apontaria o céu, perceberias então,
A paz que reina no Universo...

Se pudesse ver teus olhos,
Meu olhar por certo diria,
Até onde o amor pode estar.

 

 

Até onde...

Yna Beta

Ao cair da tarde, com o sol se pondo,
Os pensamentos voam e fico lembrando...
Dos momentos doces e até profanos
Teu sorriso fácil e olhar profundo
Invadiu meus sonhos, esse era meu Mundo...
Até onde.... Vou te procurando...

Indaguei à lua, às estrelas, ao infinito...
Caminhei no parque que dizias ser bonito.
Recordei uns fatos, que seriam insanos.
Nada restou, só uma grande comoção.
No mar, sufoquei meu pobre coração.
Até onde... Vou te amando...

 

 

Até Onde
Sonia Nogueira

Não sei até onde devo caminhar
Pelas sendas do coração agastado,
Nos rochedos aonde o sol se aninha,
Ou nas ondas em que o vento abaulado

Rasga o tempo, devora as horas miúdas,
E, em recompensa burla todo o sonhar
Até onde não sei, e as mentes noturnas
Varrem o dia, engolem o verbo amar.

Sei apenas que os poetas aspiram luz
E nas palavras que o silêncio goteja
Alcança cada onda que o barco veleja

Com o olhar preso no querer oculto
Vendo em cada rosto estranho vulto
Ao mirar estrada aonde a vida conduz.

 

 

 Até Onde...
There Válio

Quero estar com você sempre...
Nos seus braços amorosos
Sinto o calor do seu corpo,
Aquecido junto ao meu,
Os teus lábios sequiosos
Desejando os lábios meus,
Até onde... até quando...
Esse amor vai perdurar!

 

 

ATÉ ONDE...
Cássia Vicente

Até onde irei com você?
...Até onde tu me permitires
estar à tua volta...
...Até onde nós possamos

nos ter por inteiro.

 

 

ATÉ ONDE...

Gina Maia

A Poesia é parte integrante
das artes sublimes dos iluminados.
O verdadeiro Poeta é mensageiro
da esperança, do amor e da justiça.
Canta a dor e a saudade...!
Solidário no humanísmo,
repele todo o fundamentalísmo.
O Poeta passeia-se de braço dado
com a utopia.
A metáfora e a rima são a sua sinfonia.
Nunca saberemos até onde chega a ilusão
e começa a realidade!
Os Poetas são inspirados por Deus;
O seu estro é de origem divina.
Somos por eles conduzidos ao sonho,
ao belo e à fantasia ;
Comungando cultura e uma certa extasia.

 

 


Até onde…

Eugénio de Sá

Levita alma, levita
sobre um leito de amor imaginado
leva-me como o vento leva um beijo
até onde o teu corpo me espera recostado
e do éter receba faminto o meu desejo
com o alento do sonho que tanto nos excita.

 

 

Até onde...
José Hilton Rosa

Flores na mão não te emociona?
Um cartão com poesia romântica é abandonado
As palavras na voz são surdas
As lágrimas falam mais que um sorriso

Caminho com as mãos presas
Sem saber o motivo do desprezo
Apenas promessas amorosas
Até onde seu colo me recebe apenas para o cansaço

Até onde posso esperar?
Seu perfume já foi esquecido
O futuro está próximo
A promessa não é mais ouvida

Uma música de Iglesias te faz apaixonar
Uma poesia de Lorca para protestar
A voz de despedida é a mesma do encontro
Até onde meu soluço do choro te faz voltar para me amar

 

 

Até Onde...

Marinez Stringhetta/Mara Poeta

A semente da Paixão
Cuidada com esmero
Florescerá
Em direção ao Amor
Flechado pelo Cupido
Romântico, Sensual enlevo
Unidos para sempre
Final feliz?!
Até Onde...
Brancos lençóis intactos?

 

 

Até Onde
Maria Olga de Oliveira Lima

Esse amor doentio
Mostrado em poemas, versos,
Lágrimas, clamores...
Esse amor, às vezes, calado,
Carregado de rezas, orações,
Preces, pedidos, novenas...
Esse amor, que entrou em minha vida
Sem piedade, nem pena...
Esse amor...
Que fez meu coração em pedaços,
Rasgou a minha alma,
Deixou-me numa sarjeta...
Enfim, largou-me assim sem nada:
Sem chão e sem noção.
Onde está você
Pra refazer meu coração???
Ele ainda tem muito perdão
E a mais ardente paixão.
Abandonada???
Nããããão!!

 

 

ATÉ ONDE...
Zenaide Giovinazzo

Até onde
a inquietude chegar,
quero te amar...

SP/11/16

 

 

Até Onde...
Cida Micossi

Até onde irei pra te encontrar?
Não precisa nem pensar.
Atravessei o oceano...
e cheguei sem avisar.

 

 

 

:::VOLTAR:::