PARTICIPANTES

1- Clara da Costa
2- Cássia Vicente
3- Cema Raizer
4- José Ernesto Ferraresso
5- Isabel C S Vargas
6- Eda Carneiro
7- Sonia Nogueira
8- JAS
9- Gina Maia
10- There Válio
11- José Hilton Rosa
12- Maria Olga de Oliveira Lima
13- Eline Pereira
15- Rita Rocha
16- Zenaide Giovinazzo ;
17-Yna Beta
18- Mercília Rodrigues
19- Eugénio de Sá
20- Patrícia Araújo
21- Cida Micossi
22- Cel (Cecilia Carvalho)
23- MaluBarni

 

 

 

NADA MUDOU
Clara da Costa

Nada mudou...
Aquela rosa no nosso jardim ainda é a mesma ,
Floresce com a primavera trazendo o perfume
Das lembranças de nossos momentos.
Nada mudou...
O teu cheiro no lençol,
O travesseiro marcado pela tua presença
Tuas mãos espalmadas em minhas costas.
A vida nos afastou,
Como sementes levadas ao vento...mas,
Nada mudou!

 

 

NADA MUDOU
Cássia Vicente

Sentimento, desejos, sonhos.
Nada mudou.
O meu amor ainda pulsa forte.
Meus desejos transbordam .
Meus sonhos acompanham meus momentos.
Nada mudou.
As boas lembranças me dão força.
As não tão boas, nem as recordo.
Nada mudou.
Onde nos perdemos!?...

 

 

NADA MUDOU
Cema Raizer

Saudade
Palavra encantada
Sentimento
Que devolve momentos distantes...
Mostra sonhos vividos
Transparentes mas reais...
Gota à gota ficaram os vestígios
provando que somos humanos...
Alimentam e sustentam
Os sinais de nossas vidas
Mesmo não sendo visíveis
Nada mudou
É saudade declarada...
Representando amor e vida
Lembranças...
De bons momentos
Ficam para sempre...
Nada Mudou

 

 

Nada Mudou
José Ernesto Ferraresso

Tudo está no lugar aqui nesse quarto
teu cheiro exala perfume no recinto
Não vejo mudança alguma neste local
Nada mudou depois que partiu e me deixou.

Sinto saudade e recordação no entanto
a banqueta está no mesmo lugar e relembro
o preparo para a apresentação de sua entrada
no palco e sua saída do camarim todo ornamentado.
Só deixou apenas recordação
Será um sonho?
Um pesadelo e nada mais...

 

 

Nada mudou ...?
Isabel C S Vargas

Costumamos viver no atropelo
Levados pelas necessidades
Por excesso de compromissos
E muitas responsabilidades.

Parece que não percebemos
o tempo passar,diariamente,
culpando a rotina por muitas coisas.
Dizendo que nada muda na vida.

Grande tolice de nossa parte.
O raio de sol de hoje é outro,
A chuva de amanhã é diferente,
Nossos passos são sempre novos.

Cabe a nós fazer nossa vida diferente,
Mudando nossos propósitos diários
Levando no peito muita esperança
Porque viver é algo transformador.

 

 

Nada Mudou
Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"

Nada mudou nem mudará
Sentimentos esparsos em minha vida
Que me dizem de ti, de mim, de nós
Nesta doce Primavera de nossas vidas.

É um sonho que cultivo
Sem amargor, só com Amor
Nada mudou, nem mudará
Te amo e te amarei tanto
Somente a ti, meu Amor!

 

 

Nada Mudou
Sonia Nogueira

No teu olhar focado ao observar
Tentando sondar a razão que te faz
Quando na espreita do deserto olhar
Nada mudou teu mundo fugaz

Nas noites e dias no trago certo
Pinga de certo refúgio primeiro
A vida sem rumo o corpo liberto
Sem lógica vive em campo certeiro

Nada mudou teu sonho sumiu
Assim fecho a porta a mala partiu.

 

 

NADA MUDOU
JAS

Desfruta e aprende com sua própria experiência
Que na vida nada muda e cada momento vivido é único
E se não o vivermos a vida passará
E só nos restará a saudade do recente
Pois, Passar os anos ao seu lado
Desfrutando sempre as mesmas coisas
E ver que nada mudou
É triste e nos traz lembranças vividas

 

 

NADA MUDOU
Gina Maia

Toda a vida é feita de mudança.
Mudam-se os critérios e alguns conceitos.
Cresce, torna-se adulta a criança.
lutam p’ra vencer na conduta e no respeito.

Passei por muitas nuances, amarguras.
A dor nada mudou no sentir do coração!
Sem rebeldia, amo com muita ternura,
mulher inteira no amor e na emoção

Com minhas pequenas mãos e dedos feiticeiros
trabalho, d’alguns ainda sou abrigo.
Meu peito nutre carinho por parceiros,

pelos filhos, por almas gémeas e amigos
sofro o vazio dos que partiram primeiro.
Mesmo no fundo do poço, prossigo...!

 

 

NADA MUDOU
There Válio

O tempo passou intermitente,
Guardo em minhas lembranças
Momentos de euforia,
Num misto de fantasia
Quando vivia a seu lado.
Nada mudou...
Você voltou de repente
Mas não quero novamente
Viver o mesmo passado
Daquele tempo ao seu lado.

 

 

Nada mudou
José Hilton Rosa

Tudo fica na memória
sem discrição e convicção
palavras obscuras e insensatas
público feitor
sombra falsa da certeza
palavras incertas e duvidosas
histórias esquecidas
sentimento sem causa
nada mudou.

 

 

NADA MUDOU
Maria Olga de Oliveira Lima

Nada mudou em mim...
Como em ti, também nada mudou.
Apenas o nosso Amor aumentou...
E foi somado com a chegada
De nossos rebentos...

O tempo nos levou
Ao amadurecimento...
E hoje, levamos uma vida leve...
Como é leve a brisa em nossos dias...
E os anos vão sulcando
Nossos rostos...

 

 

NADA MUDOU
Eline Pereira

O meu olhar percorre teu corpo,
Pedaço por pedaço. Revejo.
Não, não falta nada.
Cabelos igual, sorriso tal,
Boca igual, olhar...
Mas são essas lembranças apenas,
Que chegam e desaparecem,
Sem ao menos, uma palavra.
Queria mais, queria tudo,
Com a gula da saudade,
Deixar nos teus lábios
Os meus versos, para que eles escorressem,
E chegassem ao teu coração.
Queria sim, sem palavras,
Abraçar teu corpo
E dizer: nada mudou.

 

 

NADA MUDOU
Mifori

Partiste sem dizer nada!
Depois de muito chorar
e de procurar-te,
meu coração adoeceu!...
Hoje não te quero mais.
No entanto, nada mudou...
Porque esqueci de te esquecer!

 

 

NADA MUDOU
Rita Rocha

Sigo aquela mesma estrada,
controlando os meus sentidos;
só que, ao longo da jornada,
tenho os braços estendidos.

Sigo sempre em linha reta,
só pra não me aborrecer;
prosseguindo a velha meta,
com vontade de vencer...

E, se surge algum problema,
não me faço de rogada,
traço um bom estratagema:
não bater em retirada!

 

 

NADA MUDOU
Zenaide Giovinazzo

A lembrança
rodopiando como bailarina
em busca do seu par,
inicia o erotizado dançar.
Nada mudou,
só o Tempo passou.

 

 

NADA MUDOU...
Yna Beta

Sou como as estações
Como as flores... Passageira.
Sou Primavera depois Verão.
Sou como flor de laranjeira.

Nada mudou...
As orquídeas do jardim,
Que você tanto amou
Continuam junto ao jasmim.

Ainda estão onde as plantou.
Nada mudou...
Assim como a natureza
Não mudou no seu partir...
Meu sentimento, com certeza,
Em nada mudou o meu sentir...

 

 

Nada mudou
Mercília Rodrigues.

No silêncio, um vazio ermo...
Sobra medo de encarar os fatos
Pra entender teus termos
É preciso deixar de sr. gaiato!
Tudo igual, conversa fiada.
Tudo mudou por tua culpa!
Ao invés de fazer de nós uma piada,
Vieste tu com mil desculpas.
Então, tudo igual. Nada mudou.
És o vigarista que encenou!

 

 

NADA MUDOU
Eugénio de Sá

Voltaste, ainda bem que voltaste!
Decidiste dar razão às razões que rejeitaste.
Voltaste, e a casa ficou mais quente
E este velho coração que um dia quase morreu
Voltou a bater mais forte, de novo junto do teu
Sentindo que perdoar aquece a alma da gente.

 

 

Nada Mudou
Patrícia Araújo

Mudar é preciso? Sim! Responde a Vida
E como posso mudar, se nada mudou?
Mudou, mesmo que você não perceba

E como perceber se Nada Mudou?
Olhe para trás e veja o hoje
Quanta mudança ao seu redor!
Não seria ao acaso? Não, seria Amor!

Precisamos mudar, Evolução
Se Nada Mudou não tem significado
E o que foi ontem, é presente,
mesmo estando no Passado.

 

 

Nada Mudou
Cida Micossi

Nada mudou
E nem nada mudará
Enquanto sonhos eu tiver
Enquanto acreditar eu puder
No amor que sobreviverá

 

 

Nada Mudou
Cel (Cecilia Carvalho)
***Labirintos da Alma***

Nada mudou
O silêncio das paredes, o vazio,
cama fria e arrumada,
lá fora, o sussurro do mar
brincando em meus ouvidos
só para me fazer lembrar
o que já é passado, morto e sepultado,
meus sentimentos ...

 

 

Nada Mudou

MaluBarni

O tempo passou num repente,
e teu lugar na cama lá está,
concluo que nada mudou,
nem a poesia em mente,
Nada , tudo ficou, e está acolá,
nada mudou no nosso coração,
e um dia vais voltar e ficar.

 

 

Edição Mara Pontes

Arte SueliBa

 

 

:::VOLTAR:::