PARTICIPANTES

 

1- Clara da Costa
2- Eduardo Gragnani
3- Sonia Nogueira
4- ZzCouto
5- Nasser Queiroga
6- JAS
7- Cássia Vicente
8- MaluBarni
9- João Coelho dos Santos
10- Eugénio de Sá
11- José Hilton Rosa
12- Maria Olga de Oliveira Lima
13- Yna Beta
14- Maria de Fátima Delfina de Moraes
15- Glória Tabet Marson
16- Isabel C S Vargas
17- Cida Micossi
18- Gutemberg Maciel
19- Gina Maia
20- There Válio
21- Marinez Stringhetta/ Mara Poeta
22- Zenaide Giovinazzo
23- Rita Rocha
24- Márcia da Costa Laranjeira
25- Ilze Soares
26- Nina Maria
27- José Ernesto Ferraresso
28- Virgilio M.A.S Roque
29- Mercilia Rodrigues
30- Eri Paiva

 

 

 

Não Era Para Ser

Clara da Costa

Há um silêncio que ronda,
Grita,
Estrangula,
Um coração chora solitário,
Na madrugada vazia,
Confidencia uma irreverente utopia
Desperta um sorriso morno,
Nostálgico,
Laços se perdem,
Suspiros sem sentidos,
De um amor que não foi dito...

...E vento lá fora chora e geme baixinho:
-Não era para ser...

 

 

Não Era Para Ser

Eduardo Gragnani

Só,
Tão só
Sozinho,
Solitário entre as dobras do silêncio
Travesseiro confidente,
Frestas entreabertas,
Sentem o perfume da lua,
Sei como estou,
Comigo mesmo eu vou,
Na sombra da ausência que machuca,
Madrugada se faz, na história vazia

 

 

Não Era Para Ser

Sonia Nogueira

As letras foram poetadas verosímeis
Respostas sem rastreios deliravam
Todas as palavras agendas em anéis
E as emoções sozinhas desfilavam.

Dilemas vinham e iam com amor
Retida na imensidão do mistério
Corria, ora esperança, oras pavor
Sem oscilação prévia, sem critério.

Os dias corriam na lentidão da noite
As leituras voavam e tu retinhas
A imagem da figura nas entrelinhas
Um dia o rastreamento em açoite

Veio de súbito no topo do querer
As correntes ruíram, não era para ser

 

 

Não Era Para Ser

ZzCouto

Quando o sonho
fica só pela metade,
não há remédio que dê jeito,
algo forte suprime o peito.
Ambiguidade de sentimentos
brotam e espalham pelo corpo,
entornam almas desgarradas,
descobrem o véu da inocência,
virando tudo ao avesso
porque aquilo que foi
já não será mais.
não era para ser...

 

 

NÃO ERA PRA SER!

Nasser Queiroga

Escuto lá dentro do meu ser
Uma pergunta, forte e constante
A gritar...

Não era pra ser?
Não era pra ser?
E eu me calo em silêncio

Por que a isto não quero responder
Eu que investi tanto tempo
Eu que tanto sonhei,

Que tanto busquei
Que tudo que tinha doei.
...Não quero dar a resposta

Sim, não era pra ser...
Não, não quero dizer
Sim, não era pra ser

Me calo na esperança
Que aquela voz interior
Que continua a perguntar

Não era pra ser?
Não era pra ser?...
Cale-se...

E, emudecida morra,
Morra só...
Sem uma resposta minha

Porque não posso aceitar
Que tudo que planejei,
Que tudo que eu sonhei!

Venha a fracassar...
Que eu possa no silêncio do meu quarto
Sozinho a resposta dar
Não, não posso aceitar!..

 

 

Não Era Para Ser...

JAS

Todos nós temos problemas num relacionamento
Algumas vezes é preciso deixá-los de lado
E seguir a vida em frente
Se você tentou e não conseguiu
Trilhe seu caminho de outro modo
Pois procurar a felicidade
É uma eterna busca do ser humano

 

 

NÃO ERA PARA SER

Cássia Vicente

Depois de muito tentar,
insistir na paixão que,
ao longo dos anos
se transformou em amor,
De investir em cada momento,
mesmo nos não tão bons,
a máscara caiu...
A verdade rasgou a fantasia
da paixão, o amor tropeçou na face,
deixando lágrimas espessas
do amor ainda vivo..
A realidade se mostrou
caindo a cortina
diante dos olhos do amante
que acreditava estar escrevendo
a mais linda e verdadeira
história de amor...
Desilusão. Não era para ser.
Ele, o amante não tem esta resposta.
Apenas sabe que o coração se desfez
assim como o bloco no fim da avenida,
assim como depois do último ato
As cortinas se fecham
deixando do outro lado a interrogação
para o desespero do amante.
Não era para ser? Sem resposta.

 

 

Não era para ser

MaluBarni

Ainda dói muito,
uma dor lascinante...
foste embora
me deixaste só...
dei adeus lá na curva do caminho,
voltei e chorei amargamente,
Fiz promessas...
mas não voltastes...
Porque?
Não era para ser!

 

 

NÃO ERA PARA SER

João Coelho dos Santos

Impaciente no seu entusiasmo,
Exaurido, irracional
Obcecado pela rotina agridoce,
Mas humilhado no afeto da inocência
Da adolescência
Achou ser insignificante o ato de seduzir.
Não era para ser, mas foi.
Desajeitado, inseguro, sarcástico,
Ouviu um invisível estrondo
No voo de uma gaivota solitária.

 

 

Não Era Para Ser

Eugénio de Sá

Hoje, sentado ao fogo c'o a saudade
lembro os anos vividos a te amar
sob a magia pura da verdade
Que outra verdade dura veio quebrar
mas não há-de matar a liberdade
do grande amor que quero recordar.

 

 

Não era para ser

José Hilton Rosa

Tudo fica na memória
sem discrição e convicção
palavras obscuras e insensatas
público feitor
sombra falsa da certeza
palavras incertas e duvidosas
histórias esquecidas.

 

 

Não Era Para Ser

Maria Olga de Oliveira Lima

No silêncio da noite
Escancaram-se todas as janelas
Do meu abafado e reprimido coração.

Nessa hora, cobras e lagartos
Em gemidos alarmantes disparam...

E, esse coraçãozinho,
Em seu cantinho, encolhidinho,
Qual um bebezinho em gestação,
Diz para si: NÃO! Não Era Para Ser!
Não Era Para Ser Assim!
Ele, que só soube cultivar o AMOR??

Em sua mais triste dor,
Ainda não convencido,
Chora... Grita... Clama... Mendiga...
Bate os pés... e, ainda quer:

Um Aperto de Mão, Um Olhar Amigo,
Um Carinho, Um Mimo, Um Flor...

 

 

Não era para ser

Yna Beta

Já madrugada, sozinha estava.
Os pensamentos surgiram, eu chorava.
ao lufar do vento, a cortina balançava.

o passar das horas, na noite fria
tinha a solidão por companhia,
O silêncio pesado e agonia!

Aqueles laços que tivemos outrora
perderam o sentido, choro agora
Não era para ser... passou da hora!

Emoção...
solidão...
exaustão...
decepção...

 

 

Não era para ser

Maria de Fatima Delfina de Moraes

E se o que não servia se foi,
reescrevendo a história
desarquivo da memória
o sonho que se desfez.

 

 

Não era para ser

Glória Tabet Marson

Quis o destino malvado
nosso amor esmorecer,
mas jamais alguém dirá
que não era para ser:
distância... não me preocupa,
você é meu bem-querer!

 

 

NÃO ERA PARA SER

Isabel C S Vargas

Tão dolorida nossa despedida
pois seria, apenas, temporária.
Nosso amor resistiria à distância.
Era o pensado e acordado.
Meu coração, entretanto, deu o sinal
desde que te vi embarcar no avião
Tão leve e entusiasmado.
De início parecia que o combinado
Prevaleceria em nossos corações.
O amor que dizias ter era frágil
e não resistiu mais que alguns meses.
Assim que recebi tua missiva derradeira,
Foi só a confirmação de que teu amor perecera.
Eu já sentira isso em meu ser .

 

 

Não Era Para Ser...

Cida Micossi

Não era pra ser
E não foi.
Em vez do prazer
Veio a dor.

Um sonho sonhado
De forma unilateral
Estava fadado
A não chegar ao final.

Sonhei, esperei, persisti.
Tristeza: nunca mais o vi
E o que seria paixão
Foi um golpe no meu coração.

Não era pra ser, entendi.
Terei que amargar esta paixão.

 

 

NÃO ERA PARA SER

Gutemberg Maciel

Debruçado no humano
Tracei planos e objetivos.
rumos que não condiziam...
Que apenas traziam satisfações terrena!
Quando convocado fui...
Vi que não era para ser assim
Meus olhos e meus ouvidos se abriram,
Vislumbrei a minha condição de servo
E me entreguei, esperando a pertença...

 

 

NÃO ERA PARA SER...!

Gina Maia

Nas margens dum rio d’água e fogo ardente,
deixei meu cavalo à solta, trotando !
Corria, relinchão, num sempre avante;
-Eu bebia ventanias, assobiando !

De manejo fácil, sábio e amoroso,
não era para ser cavalo, com certeza!
O destino puxa as rédeas, caprichoso.
Desatinos de outrora, antigas proezas!

Meu cavalo alado, de crina ao vento,
depois de trotar nas margens do meu rio,
desapareceu na bruma, sem um lamento.

Este poema pode parecer loucura;
-Porque umas vezes choro, outras sorrio.
Sarça-ardente que bebeu água pura!

 

 

Não Era para Ser

There Válio

Um encontro casual e um olhar sedutor,
Meu coração sentiu a emoção do amor!
Outros encontros e sob a luz do luar
Nossos corpos fremiam de desejo,
E em seus braços eu sentia segurança.
Beijos ardentes nossos lábios ansiavam
A sedução percorria nosso ser.
Mas essa paixão avassaladora...
Aos poucos foi se esvaindo e acabou.
Um adeus e cada um seguiu seu rumo...
Não era para ser...

 

 

Não Era Pra Ser

Marinez Stringheta/Mara Poeta

O silêncio que impera
Na noite vazia
Amedronta e inquieta
Olhos choram sem lágrimas
Sufocam a dor que angustia
E você não vem
Demoro uma eternidade
Para entender
Se não estamos...
E não somos...
Não era pra ser.

 

 

TARDE DEMAIS

Zenaide Giovinazzo

Agora é tarde demais.
Muito lhe amei,
meus sonhos partilhei,
ilusões foram tantas,
planos perfeitos
guardados no peito...
Você não mereceu
minha confiança,
o afeto não sobrevive
com desconfiança.
Mentiras tamanhas,
traições desmedidas,
noites sofridas...
O tempo passou,
a ferida secou,
outro amor me encontrou.
Já não lhe amo mais.
Agora é tarde demais.

 

 

Não Era Pra Ser...

Rita Rocha

Não era pra ser assim...
mas foi o que aconteceu;
a saudade mora em mim
pós o amor que feneceu.

Da felicidade almejada,
coração já foi latente;
mas a dor foi instalada,
num sofrer, por ti ausente.

Este amor tão delicado;
que a vida o fez vigente;
hoje vive complicado,
num viver bem diferente...

 

 

NÃO ERA PARA SER

Márcia da Costa Larangeira

E se não houvesse certo ou errado,
como naquele poema sem rima, foi escrito
E se tudo o que foi calado, fosse dito,
você teria ficado?

E se não houvesse tantos problemas
E se pudéssemos resolver tudo com poemas
Você teria tentado?
Sua escolha me fez perder

Tudo o que eu tinha de mais querido
Restando-me perguntas de como teria sido
o que não foi e nem era para ser...

 

 

Não Era Pra Ser

Ilze Soares

Às vezes idealizamos uma vida:
sucesso, casa própria, carreira definida...
Medicina...Engenharia...Advocacia
A carreira foi escolhida
desde que nos entendemos por gente.
Com o tempo, vemos que, no presente,
tudo mudou.
Temos que aceitar o que a vida nos oferece,
pois a pessoa que aquilo idealizou,
já não existe mais.
Tudo é dinâmica, tudo passa, tudo muda...
Não era pra ser. O que fazer?
Aceitar ser feliz e viver em paz.

 

 

NÃO ERA PARA SER...

Nina Maria

Debruçada na janela,
olhando o céu estrelado,
desce meu pranto em silêncio,
pois com saudade, em ti penso,
lembrando nosso passado...

Um amor tão verdadeiro,
pleno de felicidade,
paixão, beijos e carinhos,
que um vil coração mesquinho,
destruiu sem piedade...

A víbora venenosa,
destilando seu veneno,
a dúvida semeou,
a nossa paz acabou
como no Sol, o sereno...

E o sonho de envelhecermos
juntinhos, de nos cuidarmos,
do outro ser a alegria,
nunca esquecer da magia,
como arco íris, cercar - nos...

Quando uma estrela cadente
faz o céu resplandecer,
em silêncio lhe pergunto:
Por que não estamos juntos?
Me diz: Não era pra ser...

 

 

NÃO ERA PARA SER...!

José Ernesto Ferraresso

Um apaixonado como pássaro a voar,
deixar tocar no teu corpo, livre como a ilusão,
até apaziguar teu coração.
Fiz de mim teu escravo, em todos os momentos,
sentia teu beijo quente, ao me acariciar
com tuas mãos envolventes.
Foi esse teu ato de amor, que me deixou tão apaixonado,
porém ,não era para ser assim e foi...!

 

 

NÃO ERA PARA SER

Virgilio M.A.S Roque

Quando o criador criou o mundo
Não era para ser deste modo habitado
O homem, deve ter, sentir profundo
Deveria gostar de amar e ser amado

Não era para ser possuidor de riquezas
Que o homem no mundo foi colocado
Nem tão pouco para passar tristezas
Mas sim para crescer sem ser explorado

Ao pobre, falta muito; ao cobiçoso, tudo
Não era para ser pobre que foi criado
Nem ter de calar como deficiente mudo

Não era para ser como um lixo tratado
O Homem foi gerado para se respeitar
E como filho de DEUS sempre se olhar

 

 

Não era para ser

Mercília Rodrigues

Havia sonhos demais pelo caminho
E aos poucos esvaziava a alma
À medida que eu arrancava espinhos ,
No meu coração encontrava calma!
No balançar do tempo foi-se o querer!
Larguei os sonhos, enxuguei o pranto.
Vi o certo: não era mesmo para ser,
A esperança me retirou seu manto !

 

 

NÃO ERA PRA SER

Eri Paiva

O tempo longe vai e eu, ainda
Fico imaginando nós dois, quando
Vivíamos uma relação tão linda
E nela, tão felizes, nos amando.

Imagino também, a esta altura,
Quando já não vivo mais de tristeza,
Que o tempo tudo amadurece e cura
Retempera a vida, dá-nos fortaleza!

Oh presença amada que me quis amar,
Anuncio, pra sempre vou te guardar
No coração, enquanto eu aqui viver!

Depois de aqui, em mundo mais além
Vez que nosso amor não era pra ser,
Vamos renunciar, outra vez, meu bem!

 

 

 

Créditos
Tag Sombra
Tutorial by M_Ap
Imagem ©Mark Spain
Música Mariah Carey - Vision of Love
Arte e Formatação HildaRosa

 

 

:::VOLTAR:::