PARTICIPANTES

 

1- Clara da Costa
2- Eugénio de Sá
3- MaluBarni
4- José Ernesto Ferraresso
5- Cema Raizer
6- José Hilton Rosa
7- JAS
8- Izabel C S Vargas
9- João Coelho dos Santos
10- Sônia Nogueira
11- Gina Maia
12- Yna Beta
13- Zenaide Giovinazzo
14- Rita Rocha
15- Amilton Maciel Monteiro
16- Eri Paiva
17- There Válio
18- Sueli do Espírito Santo
19- Maria de Fátima Delfina de Moraes
20- SôniaRubim
21- Cássia Vicente
22- Mifori
23- Cida Micossi

 

 

 

O Adeus

Clara da Costa

Pelas ruas, rostos que passavam,
mas que ela não via, através das lágrimas que caiam
teimosamente amargas, depois daquele adeus.
Ao longe, ouviu o som de uma música
que a fez recordar…
Ela pára, olha para trás, titubeia…pensa em voltar, não volta.
Vai prá casa, coloca o vinil daquela música na vitrola…e,
dança abraçada com a saudade.

 

 

O ADEUS

Eugénio de Sá

Não, não te direi adeus, só que te amo,
que um adeus é abandono, é solidão,
e nada restará para lá dos silêncios.

Não, não te direi adeus, quando a vontade
é poder olhar-te quando amanhecer
e pensar que te terei á noite nos meus braços.

Não, te direi adeus, seria dor demais
assumir ( cobardemente ) que desisto de ti.
E recuso este pranto que me vela os olhos.

Amanhã partirei ao encontro da tua memória
por uma álea franqueada de ciprestes
Mas não, não te direi adeus...

Dir-te-ei tão somente… até logo, meu amor!

 

 

Adeus

MaluBarni

Adeus eu vou partir, adeus vou embora,
Nunca mais voltarei por estas bandas,
Meu peito, pobre, meu coração chora,
As lembranças que tenho são nefandas.

Adeus, foste amor, não és mais agora,
Deixaste- me ir até embora e mandas
Adeus, com tua esquálida mão rara,
Deste mesmo tal jeito eu lembro que tu andas,

Meu coração era bem aventureiro,
Contigo aprendeu tudo por inteiro,
Hoje estou tão só sem vil ror coração.

Adeus pra sempre mui amado Raul,
Vou mesmo embora, vou até para o Sul,
Por aqui aprendi dura e má lição.

 

 

Definitivamente...Adeus!

José Ernesto Ferarresso

Não adianta insistir.
Hoje quem não te quer sou eu.
Magoou-me não resisto desaforo,
nem mesmo abuso, já te falei que não.

Amanhã, talvez, quem sabe!
Pode ter certeza, a mesma confiança
que tinha em tiera definitivamente,
no entanto, hoje não tenho mais!

Que decepção! Que adeus frio!
sem expectativas
e sem coração!

 

 

ADEUS

Cema Raizer

Sentimento solitário...
Nos chega sem querer
Num Involuntário acolhimento
De pensamentos tristes
E um profundo pesar

Uma emoção forte
Que atravessa o coração
Nos atinge de surpresa
Não mede distâncias...
É veloz como o vento

Pesado como pedra
É muito triste o adeus..
Não podemos evitar
É como tempestade
De um dia escuro e cruel...

 

 

O Adeus

José Hilton Rosa

não diga que não vi
partindo em lágrimas
apenas um adeus
um adeus sem dizer a hora de voltar

 

 

O Adeus
Jas

Dizemos Fácilmente: Oi. ola, como vai ?".
Dizemos com muita dificuldade: "adeus"...
Porque ao dizer adeus
Sentimos a energia sendo esvaÍda
Deixando de ser transmitida
Deixando de ser sentida
Fácil é abraçar, apertar a mão, fazer carinho
Mas Difícil é sentir que tudo vai se acabando
Num adeus que nunca pensamos em dar...

 

 

O Adeus

Izabel C S Vargas

Que não te dei ao partires
Faz falta até hoje em mim.
Não foi culpa de nenhum de nós.
Foi o destino que assim o fez.

Saiste ao amanhecer para labuta
Que tua juventude fazia ser longa.
E, eu te esperava no retorno diário
Após o que podia descansar em paz.

Naquela fatídica noite não retornasse
À nossa casa e à rotina de familia.
Retornaste à casa do Pai Celestial
E imenso vazio permanece em mim.

 

 

O ADEUS A MEU PAI

João Coelho dos Santos

Seus olhos já não me falam…
Sua alma partiu, mas deixou-nos
Trilhos e pegadas para alcançarmos o bem.

Deus escolherá e decidirá qual será
Meu caminho para voltar a vê-lo.

Hoje, que já partiu, por cá triste ficarei
E, neste afogar de mágoas, saberei, estou certo,
Que os horizontes de ontem não são mais os de hoje.

Minhas mãos, acostumadas a viver cheias de ti
E do perfume ondulante do mar
Estão hoje, como meus braços, muito mais vazias.

O nosso reencontro não será, não poderá ser,
O tédio de uma eterna espera,
De uma espera escura e sem fim,

Até ao desvendar o céu do meu verso.
A necessária coragem não será simulacro vão.
Creio na vida eterna!

A pensar em ti, meu Pai, irei em busca do silêncio,
Pois é no silêncio que melhor escutarei tua voz,
Tua voz sábia e paterna.

 

 

O Adeus

Sônia Nogueira

Minhas pegadas foram apagadas
Meu olhar em vão sujou teu rosto
De tanto olhar tuas débeis olhadas
Meu olhar refugiou-se e deposto

Pediu demissão sem aviso prévio
Risquei teus versos, rasguei emoção
Em vão tentei tornar coração servo
as recusou viajou na contramão

Insisti no projeto, em teus sonhares
Mas, meus sonhares recusou sem chão
Faltou espaço embotando meus pensares
Nem contei o tempo, nem os intervalos

Não havia projeto, não havia comunhão
Tudo em vão, adeus risos vassalos.

 

 

A D E U S

Gina Maia

Primeiro foi o silêncio......
Depois ninguém deu comida às tartarugas...
Ninguém no Mundo sabia de ti !
No dia seguinte fui operada num hospital.

Quando acordei da anestesia
o telefone tocou !
A maldita notícia de que já tinhas partido,
eis que chegou.

Sufoquei na garganta um grito dolorido.
Dias depois, disse-te Adeus meu amor !

 

 

O ADEUS

Yna Beta

O adeus é sentimento forte.
É dor no peito, insuportável...
Fere fundo e quase a morte.
Difícil aquele que o suporte!

Não digo adeus, pra não chorar
Nem magoar meu coração.
Dizer adeus é deixar de recordar
É tornar amarga a ilusão!

É música triste,
Chorosa.
Valsar saudade,
Saudosa!

 

 

ADEUS

Zenaide Giovinazzo

Beijou minha boca,
meu corpo arrepiou e
minha alma sossegou.
Quando se foi
meu coração levou...

 

 

O Adeus

Rita Rocha

Se o adeus é necessário,
a saudade vem correndo,
faz estágio no plenário,
e o coração corroendo.

O adeus é sempre triste,
mexendo com sentimento,
felicidade não existe,
tudo acaba num momento!

Quisera não dar adeus,
para as pessoas que amei,
mas não sou um semideus.

Desvendar um coração,
em prosa e verso tentei,
num triste adeus de emoção!

 

 

ADEUS

Amilton Maciel Moneiro

Em casa não se via a minha mãe chorar
perante os filhos seus, em circunstância alguma,
por mais que ela enfrentasse o que esta vida arruma
para ferir os bons, buscando aprimorar...

Assim, cravou profundamente, igual verruma,
meu jovem coração, que quase quis parar,
aquela solitária vez que eu vi rolar
dos olhos de mamãe, gotinhas, uma a uma...

Seu pranto foi sereno, mas tão expressivo
que a mim mil coisas disse no silente instante;
lições que eu conservei por esta vida afora...

Que me ensinaram ser varão, mas afetivo
e me fizeram ver quanto é feliz bastante
levar o amor dos pais quando se vai embora!

 

 

O ADEUS

Eri Paiva

Na vida, em algum momento,
Perdas nos deixam sem chão
E o caminho do sofrimento
Abre, com marteladas de dor,
As portas de qualquer coração!

Quer materiais, financeiras,
Humanas, morais, o que sejam
As perdas, mais que ligeiras,
Acenam pra sempre um adeus
Enquanto os olhos gotejam!

É bem mais profunda a ferida,
De um grande amor que nos deixa...
Parece-nos, sem sentido, a vida!
Mas quem criou a saudade
Quis adoçar nossa queixa...

 

 

O Adeus

There Válio

Parecia tudo calmo,
Nossa vida amorosa
Era cheia de alegria
Num chamego todo dia,
Entre beijos e paixão.
Um amor sensual e belo,
Repleto de imensa ternura
Curtíamos a vida sorrindo.
O mar era nosso lazer
E passeando na praia,
Jurávamos amor eterno
Sob a luz do luar.
Mas o tempo algumas vezes
Provoca o desgaste no amor,
E o que antes era belo
Em feio se transformou.
E numa nova jornada
Desamor entre nós ficou,
Entre as lágrimas e a dor,
O adeus foi o que restou.

 

 

O Adeus

Sueli do Espírito Santo

Quando me disseste o adeus
eu vi o fim dos sonhos meus
não quis acreditar, nem enfrentar
o momento daquela despedida
que deixou a minha alma doída
e de dor chorei até não agüentar.

 

 

O ADEUS

Maria de Fatima Delfina de Moraes

Perdeu-se na ventania a pequena lágrima que caía.
Desencontro e o desencanto feito espelho estilhaçado.
Peito sangrando tal qual ferido pelo gume de um punhal.
Esta noite me sentirei no umbral:
sem carinho, sem abraço, sem despedida.
Um beijo apenas, não nos faria mal...

 

 

O adeus

SôniaRubim

Que eu evito dizer
No meu adeus
Melhor sair e mal me despedir
O nunca mais dói
Prefiro um até breve
Até um outro dia
Uma ideia
Que preenche o meu vazio
Mesmo que a distância se alongue
E o tempo se destenda
E afaste o daqui a pouco
Quem sabe
Noutro instante
Noutra esquina repentina
Um sorriso monossilábico
Um olho que brilha
Ou um mero aceno
Reencontros são prováveis
E a vida tem suas fases
Mas o adeus morreu lá atrás
Naquele instante que acabou
Ou ficou pra depois

 

 

O ADEUS

Cássia Vicente

Foi naquela amanhã
que o adeus aconteceu...
Sucessivas pequenas coisas
fizeram com que a explosão acontecesse...
Triste fim de um relacionamento,
triste adeus para um.amor que
não teve fim...

 

 

ADEUS !

Mifori

Um adeus sem ser adeus...,
e assim será – até breve !
Foi para junto de Deus,
minha mãe, sorriso em neve !

Corpo baixou sepultura
no dia do aniversário,
feito a mais linda escultura,
tendo as mãos o seu rosário !

Adeus, jamais lhe direi...,
a tenho com muito amor !
Um dia eu a encontrarei

 

 

Canção do Adeus

Cida Micossi

A você entreguei meu coração
Entoei , feliz, canções de amor
A cada encontro, novas emoções
A espera me deixava em torpor

Não via a hora que o reencontrasse
Acreditei ter seu amor também
Mas muito antes que eu imaginasse
Você deu seu carinho a outro alguém

Hoje troquei por tristeza
As doces canções que entoei
Tenho agora a dura certeza:
O adeus se fez quando menos esperei.

 

 

Edição Mara Pontes

 

 

:::VOLTAR:::