PARTICIPANTES

 

1- Clara da Costa
2- Ary Franco ( O Poeta Descalço)
3- Eugénio de Sá
4- Edilson Xavier de Menezes/Edmen
5- Sonia Nogueira
6- Zenaide Giovinazzo
7- ZzCouto
8- João Coelho dos Santos
9- Sonia Rubim
10- Yna Beta
11- José Hilton Rosa
12- Gina Maia
13- Maria Olga de Oliveira Lima
14- MaluBarni

15- There Válio
16- Cássia Vicente
17- Mifori
18- Marinez Stringheta/Mara Poeta
19- Isabel C S Vargas
20- Eline Santos
21- Maria de Fátima Delfina de Moraes
22- Sueli do Espírito Santo
23- Hamilton Brito
24- Sérgio Diniz Barros Guedes
25- Rita Rocha
26- Clair Wilhelms
27- Ilze Soares

 

 

 

Quem Sabe...

Clara da Costa

...depois daquele adeus,
a poesia fugiu dos seus olhos,
sentimentos desertos,
mergulhou no canto escuro da solidão.
Quem sabe...quem sabe,
o amanhã traga a alegria de volta ao seu coração,
e, tudo volte a ser um carnaval...

 

 

Quem Sabe...

Ary Franco (O Poeta Descalço)

... um dia passando por baixo do arco-íris,
Indo além da linha do horizonte,
voando até onde brilham as estrelas,
poderei alcançar-te e cobrindo-te de beijos,
saciar nossos inconfessos desejos.
Só Deus é quem sabe...

 

 

 Quem Sabe....

Eugénio de Sá

Quem sabe se ao escolher outro rochedo
- Porque em amor se fazem tantas coisas -
eu não terei ditado o meu degredo ?!

 

 

QUEM SABE...

Edilson Menezes/Edmen

Quem sabe o tempo um dia irá te dizer o quanto eu te quis,
o quanto por não saberes, eu fui infeliz.
Quem sabe quando admirares as estrelas no céu a cintilar,
tu possas imaginar o quanto eu te amei
e quantos corações por ti deixei de amar.

 

 

Quem Sabe...

Sonia Nogueira

A luz apague a treva persistente
O nevoeiro acenda suas gotas
Limpe do espaço todo ingrediente
Que suja nosso corpo, traga rotas

Para alicerçar tanta esperança
Guardada oculta em nossa alma
Mostre em cada ato a confiança
E o amor renasça e nos dê calma.

 

 

QUEM SABE...

Zenaide Giovinazzo

Dizendo palavras de amor
invento momentos sublimes
onde renovo ávidas emoções.

Quem sabe
envolta em torpes lembranças
trago de volta o desvelo,
os beijos úmidos e sugados
e o sexo desesperado.

Quem sabe...

 

 

Quem Sabe...

ZzCouto

Estará à minha espera meu Rei,
eterno amante,
guardião da esperança ,
que sussurrará ao meu ouvido:

"Buscaste por um amor que nunca
esteve perdido,
será sonho concretizado!
Quem sabe, nosso reinado
seja infinito!"

 

 

QUEM SABE…

João Coelho dos Santos

Ágil e sereno, em deserto clandestino,
Sem saudades nem desdém,
Sentiu estranha e imutável inquietação.
Naquele preciso momento,
Deu consigo a pensar nuns olhos risonhos.
Foi consultar o espelho
E pôs-se a assobiar baixinho.
Por quê tais enlevos? Porquê?
Quem sabe…

 

 

Quem Sabe...

Sonia Rubim

Quem sabe
a razão de pensar-te acabe um dia
a noite mal dormida se despede
o repouso n'alma faz moradia

Quem sabe
a tal esperança fora de hora
de olhos rasos d'água calma
me faz navegar noutra história
Eu talvez saiba

 

 

Quem Sabe...

Yna Beta

Em pleno Inverno nós estávamos.
Você se despediu e uma lágrima caiu.
Foi adeus? O vento frio, enfrentávamos.
Disfarcei, você não percebeu e partiu!

Algum tempo já se passou...
Acho, que a consciência lhe pesou
Tentou me reencontrar, não conseguiu.
O frio de minh’alma, não persistiu.

Chegou a Primavera, o sol brilhou
As flores se abriram e o sorriso voltou.
Talvez, quem sabe... qualquer dia...
Possamos novamente sorrir com alegria!

 

 

Quem sabe...

José Hilton Rosa

um encontro esperado
o medo de não ser abnegado
a lembrança da ofensa no último encontro
quem sabe o perdão precisa apenas de um sorriso?

 

 

QUEM SABE...

Gina Maia

Quem sabe porque não regas a flor do monte.
Quem sabe a quantas outras estás atento?
Talvez um jardim inteiro te dê alento.
Mas aquela que não regas está à morte!

 

 

Quem Sabe...

Maria Olga de Oliveira Lima

ainda nos veremos...
Quem sabe... nos amemos de novo,
Com mais entendimento,
Mais sinceridade...
Mais livremente, sem mentiras
E falsidades,
Fazendo valer, entre nós,
Somente a verdade.
Quem sabe, nessa oportunidade,
Mataremos
Todas as nossas saudades
Reprimidas, Sufocadas em nosso íntimo.
Quem sabe... ainda que seja,
Além desta vida,
Encontrar-nos-emos outra vez
E possamos viver
Nosso mundo tão sonhado
De perfume... flor
Pleno de Paz e Amor...

 

 

Quem Sabe...

MaluBarni

quem sabe um dia...
irei palmilhar a avenida
buscar de volta a poesia
que fugiu e está escondida

Quem sabe da magia
que meus versos dizem
profecias de maresias
que a todos condizem

 

 

Quem Sabe...

There Válio

Como será o amanhã
é uma busca Incessante,
saber o futuro é uma incerteza,
jamais alguém saberá com certeza,
mistérios que somente a vida mostrará.
Quem sabe... ninguém saberá

 

 

Quem sabe

Cássia Vicente

O que não se resolve na hora
faz tanto mal à alma...
Porquê és assim?

Cria fantasias, desconstroe...
Machuca, fere, desfere a inverdade,
desconfia, maltrata o coração,
teu e meu...sofridão.

Quem sabe. Ah quem sabe... Felicidade.

 

 

Quem Sabe...

Mifori

...Numa manhã ensolarada,
de um tempo primaveril,
lhe encontro em meio a florada
a sorrir-me tão gentil!...

Quem sabe qual a emoção
sentiremos nesse encontro!...
Como será nossa união
ou talvez... um reencontro?!...

Quem sabe!...
Quem sabe!...

 

 

QUEM SABE...

Marinez Stringheta/Mara Poeta

Depois daquele olhar
O beijo aconteça
E o desejo unindo-se ao amor floresça
Pois, a semente foi lançada.

Quem sabe...
Instigue seu pensamento
O perfume que deixei em sua pele.
Quem sabe...

 

 

Quem sabe...

Isabel C S Vargas

Dos caminhos tortuosos percorridos,
as dificuldades ultrapassadas com ardor,
do destemor de cada um ao vencer injustiças ?
Não julgue os passos alheios,
se não trilhasses os mesmos caminhos?

Quem sabe o sentimento que move cada um?
Em vez de julgar devemos agir com decência, com dignidade
Para melhorar a vida de todos
E promover um mundo melhor.

 

 

QUEM SABE...

Eline Santos

Palmeando meus caminhos, quem sabe encontre
Estrelas brilhando espargindo canções.
E essa alegria envolva minha vida de pleno fulgor...
Meus caminhos, quem sabe, sejam acariciados pela beleza estelar
E perdure em minh'alma, pleno bem estar.

 

 

Quem sabe...

Maria de Fátima Delfina de Moraes

... se tivesse tido coragem
de confessar meus desejos
não o teria a meu lado
e provaria teus beijos,
não estaria em teus braços?
Ah, quem sabe...

 

 

Quem Sabe...

Sueli do Espírito Santo

Quem sabe, depois que eu partir
Meu legado continue a existir
Minhas emoções, minhas sensações
Sonhos de um mundo extraordinário
Todos já registrados no meu diário
possam alcançar outros corações.

Quem sabe, após minha última viagem
Poderão entender a minha mensagem.

 

 

Quem sabe...

Hamilton Brito

Quem sabe um dia...
Um dia que não demore.
Voltar para onde mora
a poesia e a beleza...
Ele virá com certeza
e a Pipa eu possa rever.

 

 

Quem Sabe...

Sérgio Diniz Barros Guedes

Talvez um dia
quem sabe?
Estejas novamente
em meus braços
no afago do carinho
que completa a mulher,
quem sabe?
Se quiser
novamente estaremos juntos
enquadrados em sentimentos,
quem sabe?
O inexplicável mostra o não visto
e a pedra do seu ser
vira argila
onde moldaremos com o viver
bem longe daqui
nos vendavais do nosso amor,
é só querer,
quem sabe?
Um dia eu possa te dizer
tudo o que ainda não consigo,
tudo que tenho dentro do peito,
amando-te deitado em nosso leito,
quem sabe?

 

 

Quem Sabe...

Rita Rocha

Este sol que tanto brilha,
Inda clareia minha estrada,
pra eu chegar ao fim da trilha,
e encontrá-la em alvorada.

Se nestes dias de alegria,
a vida volte a ser criança;
trazendo em sua companhia,
a linda flor da esperança.

 

 

Quem sabe...

Rita Rocha

Quem sabe um dia
Eu te encontre por acaso
Numa esquina qualquer

Quem sabe na beira da praia
Pode ser uma praia qualquer
Não importa o lugar

Quem sabe num dia de lua cheia
Junto de um céu estrelado
Nada disto importa
Mas sim, quem vou encontrar
Um amor para sempre

Ou quem sabe, um amor apenas
Assim eu espero
Um encontro casual
E uma vida inesperada...

 

 

Quem Sabe...

Ilze Soares

...Se depois dessa espera infinita,
você resolve voltar...
Todo dia me faço bonita,
aguardando você me abraçar.
Quem sabe que hora será?

 

 

Edição Mara Pontes

 

 

:::VOLTAR:::