PARTICIPANTES

 

1- Clara da Costa
2- Nasser Queiroga
3- Neco Martins
4- MaluBarni
5- Isabel C S Vargas
6- There Válio
7- Cema Raizer
8- Edilson Xavier de Menezes/Edmen
9- Eugénio de Sá
10- João Coelho dos Santos
11- JAS
12- Yna Beta
13- Cássia Vicente
14- Rita Rocha
15- Gina Maia
16- Maria Olga de Oliveira Lima

 

 

 

UM VERSO TRISTE

Clara da Costa

A noite se veste de silêncio,
tristezas indecifráveis
cobrem o olhar do poeta.

Várias emoções
abalam seu coração,
ecos de lembranças e saudade,
povoam sua mente.

Rabisca numa folha em branco,
um verso triste que fala de amor,
avivando sua saudade,
sangrando sua alma...

 

 

Um Verso Triste

Nasser Queiroga

Fluem dos meus dedos, letras
Que buscando alinham se...
Transcrevem em folha branca
Os sentimentos, agasalhados

Guardados... Pois, vividos!
Ficaram gravados, no cinzel do dia a dia
Em um peito anestesiado pelos afagos
Beijos, carícias e cuidados,
De longos, gostosos e lindos dias!

 

 

Lágrimas no Papel

Neco Martins

Um aperto no peito
Faz soltar
Gemidos da alma...
Noite sombria
Solitária e fria...
Vem saudade;
Vem lembranças...
Vejo teu olhos
Flutuando na imaginação.
Só semblante
Nada nítido
Se perdendo no meu céu...
Ouço o choro...
Tua voz...
Materializaram-se...
Lágrimas no Papel!

 

 

Um Verso Triste

MaluBarni

Com dores de alvoroço
O poeta fez um verso
Sábê- lo de cor eu posso
Era triste aquele inverso
Traçou o risco lasso
Verso triste saiu do compasso.

 

 

Um Verso Triste

Isabel C S Vargas

Nem todo verso triste lembra tristeza.
Pode tocar o coração ao falar de saudade.
Sentimos saudade de coisas boas,
Pessoas inesquesciveis, momentos únicos.

Tenho saudade dos sonhos da juventude,
de meus pais,avós e tios que estão com Deus,
Saudade de meus filhos pequenos
De suas artes,seus sorrisos de criança.

Ao lembrar destes momentos e pessoas
Não faço versos tristes, repletos de lágrimas,
Mas a constatação de que a vida é cíclica
Nada, nem ninguém dura para sempre.

A natureza se renova, constantemente.
Nossos amores que se foram não retornam,
Mas, novos membros na família são bênçãos
Que Deus nos oferece para viver com alegria.

 

 

Um Verso Triste

There Válio

O poeta olha o luar,
Lembranças bailam no ar,
Tristonho pega um papel
Mas a inspiração não vem.

Novamente caneta na mão,
Na folha meio amassada
Tenta versos escrever.
Um toque de nostalgia

Inspira sua poesia,
Um verso triste escreveu
Numa dorida solidão
Torturando o coração.

 

 

VERSO TRISTE

Cema Raizer

É noite lá fora
Não há Lua branca
É noite bem aqui
Escura e inquietante
Nem há sonhos...
Apenas o vento

Revira o pesadelo
No arvoredo lá fora...
A Chuva que chega
É bem instigante
Atinge minha dor
Que noite tão triste

O vento tão forte
Não permite lembrar
Das horas amenas
Das noites serenas
Do nosso luar...

 

 

ENSINA-ME A TE ESQUECER

Edilson Xavier de Menezes/Edmen

Um amigo é um alguém que se pode contar sempre,
Mas o amor é o sentimento que não nos deixa
esquecer a acolhida de um coração.

As juras não foram em vão,
O esquecimento ainda não chegou aqui,
nos arroubos desta emoção.

Percebi que jamais deixei de ser aprendiz,
quando, ainda chorando, me disseste adeus.
Vaguei por tantas ilusões sem nunca
ter saído do mesmo lugar...

Tu não me ensinaste a te esquecer,
As flores ainda pedem pra eu te amar
E o peito ainda quer te aquecer,

Como aquece o amor, esse eterno sonhar...
Ensina-me a te esquecer,
Tua lembrança me chega a cada alvorecer,
Então me ensina a esquecer de te amar.

 

 

Um Verso Triste

Eugénio de Sá

Verso que não teve sorte
essa sorte que precisa
um nobre verso com porte

Mas uma ferida, se incisa
mesmo na alma, aprisiona
uma tristeza indecisa

E a ela sempre se soma
A esperança sempre precisa
Quando a amargura se assoma

 

 

UM VERSO TRISTE

João Coelho dos Santos

Em silencioso encontro na solidão da madrugada
Pensava na dorida e efémera transitoriedade da vida.
Ergueu, como gostava, sua bandeira de utopia
E sentiu salpicos de luar.
Longe escutou o eco romântico
De um verso triste.

 

 

Um Verso Triste

JAS

Mesmo sem estar perto de você
Posso te sentir e te ver
Ai como a saudade é muito grande
Eu abraço o travesseiro
Como se ele fosse você

 

 

Um verso triste

Yna Beta

O dia nasceu encoberto,
Nuvens escuras,
Prenúncio de chuvas.
horas de tristeza
chora meu coração.

Lágrimas soltas
Alma partida
NO VÁCUO Perdida...
tristeza infinda
SILENCIOSO ADEUS ...
O barco partiu !

 

 

Um verso triste

Cássia Vicente

De uma tristeza infinda
nasce um verso triste e,
lágrimas molham o papel...

As palavras doem n'alma,
enquanto o lápis recorda
as lembranças...

Quando a última palavra
recebe ponto final
as lágrimas do poeta cessam...

 

 

Um Verso Triste

Rita Rocha

Meu verso triste deságua
todo canto em voz silente;
deixando leve minh'alma
por se encontrar a vertente.

Procura paz, a almejada,
entre os espinhos da trilha;
então, na vã caminhada,
vai descobrindo a “cartilha”.

 

 

Um Verso Triste

Gina Maia

Queria fazer um poema
que não fossem versos tristes,
onde minh’alma cantasse
a pureza d’açucena
em nuances de lirismo
e da dor o amor se libertasse!

Não gosto do verso triste,
mas gosto d’enlaçar o poema
com laços de romantismo
e perfume de alfazema.
É um direito que me assiste!
Gosto de me sentir empolgada,
desde que raia a madrugada
até que se acabe o dia.

Depois virão o silêncio....
o céu estrelado, a lua e o luar.
É quando minh’alma extasia.
Gosto de me sentir apaixonada,
um gosto que ao tempo resiste.
Na Poesia, sentir a rima cantada
assente na metáfora que persiste !

 

 

UM VERSO TRISTE

Maria Olga de Oliveira Lima

Desejos de um verso.
Quem sabe... dois ou três
Ou quatro...
Versos que falem de Vida!!
Versos apenas de Alegria!

Xô... Xô... Verso triste!
Quero um verso
Que fale no máximo de saudade,
Porque dor, tristeza, solidão, mágoa...
Quero todos... atirados
Nas correntezas das mais turbulentas águas.

 

 

Edição Mara Pontes

 

 

:::VOLTAR:::