PARTICIPANTES

 

1- Clara da Costa
2- Cássia Vicente
3- Zeca Feliz
4- S.Holtz
5- Cel (Cecília Carvalho)
6- Maria Thereza Neves
7- Paulo Silveira de Ávila
8- Zé Ernesto Gaia
9- Maria Tomasia
10- Helena Luna
11-Maria Petronilho
12- Edson Gonçalves Ferreira
13- Susana Custódio
14- Roze Alves
15- Conselheirodapaz- Marcelino
16- Dante Marcucci
17- Luiz da Mota Filipe
18- Ary Franco
19- Candy Saad
20- Zenaide Giovinazzo
21- Solange Bretas
22- Gildina Roriz
23- Leda Terezinha Rubin
24- Humberto-Poeta
25- Luiza Benício
26- Ana Maria Pupato
27- Pepita Benetti
28- Ruthy Neves
29- Maria Olga de Oliveira Lima
30- Kedma O'liver
31- mavi lamas
32- Susana Mendes
33- Heloisa Abrahão
34- Marinez Stringhetta -Mara Poeta

 

 

 

" Eu amo o mundo!
Eu detesto o mundo?
Eu creio em Deus!
Deus é um absurdo!
Eu vou me matar!
Eu quero viver!
Você é louco?
Não, sou poeta."

Mário Quintana

 

 

Você é louco? Não, sou Poeta.

Clara da Costa

Eu creio em Deus!
Eu desejo o vinho do pecado!
Eu tenho sonhos pueris!
Suspiro sonhos indecentes!
Apaziguo meus medos!
Eu deliro gotas de pavor!
Você é louco?
Não, sou poeta!

 

 

Você é louco? Não, sou Poeta.

Cássia Vicente

Eu amo as letras!
Eu odeio as frases feitas?
Eu faço trocadilho!
Eu extremo Deus!
Destrono minha fé!
Eu expremo a morte!
Você é louco?
Não, sou Poeta.

 

 

Eu sou um louco... Eu sou Poeta!

Zeca Feliz

"Eu sinto as dores do mundo
eu me desnudo - qual a Natureza
e qual os passaros - também alço voos
falo com as plantas, com os animais
dialogo sempre, com o silencio
e ele orienta sobre o que penso
eu sou u'a alma de amor repleta
Eu sou um louco... Eu sou Poeta!"

 

 

Você é louco? nem Poeta

S. Holtz

Eu vivo sorrindo!
As minhas lágrima rolam soltas?
Eu nem ligo para as horas!
Olho seguido para o relógio!
Eu quero ficar calado!
Quero tanto contar-lhe algo!
Eu finjo que nem ligo para ela!
Espero atento, para vê-la chegar!
Você é louco, ou o que?
Apenas um homem.

 

 

Voce é louco ? Não, sou poeta !

Cel (Cecília Carvalho)

Eu amo voce!
Eu te odeio !
Eu creio em outra vida!
Não sou espírita !
Eu amo a Deus !
Eu quero entender!
Você é louco?
Não, sou poeta.

 

 

Você é louco? Não, sou Poeta.

Maria Thereza Neves

Sim, as vezes louco!
Desejos insanos de ser Poeta
desafiando ventos ,
acendendo vulcões ,
expelindo poesias ...
Sonhos loucos com gosto de prazer
indecentes, incoerentes!
Ai!... sim, desejo insano, louco
de olhar nos teus olhos
e dizer que te amo!

 

 


Você é louco? Ou poeta.

Paulo Silveira de Ávila

O poeta da vida observa o canto
no perpassar constante do tempo
do longo tempo.
O homem mede o tempo,
sem tempo,
corre contra o tempo,
o canto do tempo
no seu mover sinuoso.
Mas somente o poeta
que é uma louca obsessão
percebe o tempo que resta
no breve correr de algum tempo.

 

 

Você é louco? Não, sou Poeta

Zé Ernesto Gaia

Polímnia não dá seu coração?
Você é louco? - Não, sou um Poeta,
rimas ao amor, beijos ao serão.

 

 

EU SOU LOUCO? NÃO, SOU POETA...

Maria Tomasia

Vivo sempre viajando,
pelo espaço sideral,
deito-me em nuvens falantes
e, com elas, fico conversando.
Muitos dizem que eu sou louco
mas, estou sempre a dizer:
eu sou louco? não, sou poeta...

 

 

DOCE LOUCURA

Helena Luna

Doce loucura esta minha,
ninguém vê, nem adivinha,
mas me dá asas de sonho.
E nos versos que componho,
mais que depressa sem pressa,
eu atinjo a minha meta.
Afinal, eu sou poeta.

 

 

Nós, os Poetas

Maria Petronilha

somos loucos
porque somos
poetas
e damos gritos
roucos
de palavras!
os sensatos
usam espingardas
planeiam
e fazem guerras!
somos loucos
necessitados
de comprimidos!
os sensatos
envenenam
oceanos
e são ricos!
nós, os poetas,
somos patetas!

Portugal - Almada -
12 de Maio de 2010

 

 


Sô Matusquela

Edson Gonçalves Ferreira


Enrolo cachecol no pescoço
Penduro a bolsa no ombro
Ergo o nariz e saio cantarolando ou recitando poesia
Se ajunta gente, começo a cantar
Sou louquinho de pedra
Nasci assim estrela
Quando dou aula e meus alunos começam a conversar
Não dou faniquitos
Abro a boca e, no meio da sala, solto uma ária
Com minha voz aguda de tenor
Eles quase caem da carteira
E recupero a minha posição de astro
Sou doido porque ensinar é para mim um jogo de sedução
Se alguém puxar meu cachecol, desenrolo feito pião
Se puxarem a bolsa, grito
Mas não perco a posse
Doidinho da silva, continuo a caminhada
Andando como quem pisa um céu estrelado
Nasci assim, matusquela
E até Deus sorri diante de minha saudável loucura
Ela dá sentido à vida, porque liberta o poeta que tenta adormecer em mim.

Brasil - Divinópolis. 11.05.2010

 

 

VOCÊ É LOUCO? NÃO, SOU POETA

Susana Custódio

Posso fazer chorar as estrelas
Nadar no rio que corre em flores
Passear pelo campo de azul pintado
Dizer que o vento tem cor
Escrever letras a sorrir
Passear no jardim secreto
Inventar viver noutro planeta
E dizer que sou uma asceta
Ter crises existenciais
Posso tudo isto e muito mais
Sou louca…sou poeta.

 

 

Você É Louca? Não, Sou Poeta...

Roze Alves

Amo-te menino,
odeio-te homem.
Quero teu carinho,
declino do teu amor.
Deus me quer assim.
Papo de livre arbítrio
Não, Ele sabe de mim
Não sou louca,
apenas poeta.

Amanhecer-M
RJ: 12/05/2010

 

 

SOU LOUCO? OU SOU POETA?

Conselheirodapaz-Marcelino

As vezes ando pelas ruas do bairro
sem camisa, pés no chão, cabelo ao vento
as vezes sento solitário na calçada a olhar
contemplativo a lua a percorrer o céu.
Ando sem rumo, olhando vitrines na madrugada
Vendo produtos que jamais comprarei
Mas que vivem povoando minha imaginação
Como se pudesse abraçar todos eles.
Faço sexo com mil mulheres, orgasmo múltiplo
Multi facetados, diabólicos, prazer intenso
Acordo sozinho, na solidão de um leito vazio
De amor, ternura e paixão.
As vezes, como agora, na madrugada, teclo
Poemas sem nexo, no meu velho computador
Com saudades da minha Olivetti, onde aprendi
A ver brotar na folha branca meus versos.
O que fazer se sou canceriano, sonhador,
Amante da noite, apaixonado pela lua,
Se gosta da rua, de amar voce.
Afinal, sou louco ? ou sou Poeta? não sei.

 

 

POETA NÃO, LOUCO...

Dante Marcucci

Sim louco de tudo, de amarrar!
De fugir e sentir pena,
De internar
E deixar de quarentena.
Louco de pular das pontes,
E de rasgar dinheiro!
Mas eu não vou mudar,
Quem me condena?
Quem quer me escutar,
Ouvir a minha cantilena?
Conheces lá meus horizontes?
E se eu for só aventureiro?
Poeta não...
Sonhos de poeta não são loucos!
São belos, comportados...
Os meus não são!
Não medem as palavras os meus,
E jamais se discutem!
São sonhos feitos de roldão,
Como são muito poucos
Dos que podem ser contados.
Meus versos? Pura confusão...
Como os teus.
(Mas que não nos escutem...)
Mais que poeta, sou louco!
Mas quem não é um pouco?
E pra loucos não há cura...
Vais ter que aceitar minha loucura!
E quando a vontade te vem,
Ser meio louca também!

 

 

Sou louco!? Não, sou POETA!

Luis da Mota Filipe

Matei todas as guerras,
Enterrei todas as fomes,
Apaguei todas as sedes,
Expulsei todas as agonias,
Eliminei todos os roubos,
Sepultei todas as maldades,
Inventei um novo mundo só de felicidades!
Sou Louco?!
Não. Sou POETA!!!

 

 

És louco? Não, sou Poeta!

Ary Franco

Olhas a Lua embevecido com sua luz refletida.
Admiras e vês Deus nas pétalas de uma flor.
Compões versos sobre uma rosa nascida.
Onde falam de desavenças, semeias o amor.
A pedra em ti jogada, pouco te afeta.
Sonhas, mesmo quando acordado
Descobres estrelas em céu nublado
Por acaso és louco? Não, sou poeta!

 

 

Louco ou poeta?

Candy Saad

Se chorar de emoção ao ver a flor se abrir
Rir com as graças de crianças
Conversar com animais e flores
Emocionar-se ao ver o por do sol
Sentir as dores do irmão
Saber dividir o pão...
Se viajar pelo espaço
Buscar o amor nas estrelas
Amar o amor sem certeza
É ser louco ou poeta,não sei...
É viver,é amar ,é sentir
Ser poeta é ser louco por prazer!

 

 

LOUCURA E POESIA

Zenaide Giovinazzo

...um pouco de poesia
outro tanto de doidice,
pondo e tirando máscaras,
libertando as inquietudes,
segurando a criancice.
...e no teatro da Vida
contando estrelas ou dinheiro,
amando pela metade,
no outro dia, por inteiro,
vou fazendo a caminhada,
seguindo minha missão,
misturando loucura e poesia
bem dentro do coração...

SP/23/02/2011

 

 

Você é Louco? Não, sou poeta...

Solange Bretas

Vomito verbos
Me alimento de palavras?
Mastigo meus pensamentos!
Odeio o gosto deles!
Quero compor!
Não sei escrever
Não me diga quem eu sou.
"Tu és louco?
Não, sou poeta"

 

 

 Não sou louca... Sou poeta!

Gildina Roriz

Ontem mandei-te embora.
Hoje me arrependo e choro!
Quero-te ao meu lado
Te amo!
Vida da minha Vida.
Odeio-te, vá e não voltes mais!
Mas... Deus!
Que falta que ele faz...
Dá pra voltar atrás?
Não sou louca, sou poeta!
Acredita amor!
Digo com sinceridade
Peço-te, não me leve a mal!
Não despreze o meu lamento,
o meu arrependimento.
Não sou louca, sou poeta...
Voar com os pássaros
Ouvir estrelas
Pisar nas nuvens
Falar com o vento...
Odiar... Amar!
Tudo normal.
Não sou louca, sou poeta!

 

 

Você é Louco?Não, sou Poeta.

Lêda Therezinha Rubin

No entardecer da vida,
O devaneio...reviver o amor!
E a cada dia vou amando mais,
Deixando tudo prá trás...
O sonho me fascina e morro...
Morro de amores e transgrido...
Você é louco? Não, sou poeta!

 

 

SOU POETA, SOU ASSIM!

Humberto-Poeta

Na tua fala discreta,
tens razão no teu clamor
quando dizes que um poeta
exige muito do amor.

Como amante incorrigível,
é mui justo e natural
exija um amor sensível
que fuja ao convencional.

E ao cerrar de uma cortina,
aquele abraço em penumbra...
chorar de um tango em surdina,
para o instante que o deslumbra!

Sentir no peito incendido,
do céu os extremos confins,
ao ter juntinho do ouvido
débeis "nãos" dizendo "sins".

Haurir das sedas o frolo
da saia erguida em viés...
desde o alvor do níveo colo
à cútis rósea dos pés!

Que as mãos do poeta sondem
fofas e tépidas sendas...
pra desvelar o que escondem
finas sedas e alvas rendas!

Mas pra conter seu ardor,
só de uma coisa precisa:
daquele louco furor
com que ama uma poetisa!

 

 


Você é Louco? Não!- Sou Poeta?

Luiza Benício

De poeta,
tenho pouco a ser,
Mas de loucura,
já se pode ver.

 

 

Você é louco? Não, sou poeta...

Ana Maria Pupato

Questiono o pré-estabelecido.
Faço o que o coração manda.
Querem me calar?
Minha voz se manifesta,
através das letras no papel.
Sou louca? Sim!
Pela vida e pela poesia!

 

 

SOU LOUCA SIM!

Pepita Benetti

Sou louca sim
por você, pela tua luz, pelo seu olhar,
pela sua boca quando ela devora a minha.

 

 

Sou louca... Não, sou poeta!

Ruthy Neves

A duplicidade de minhas sensações... são desconexas.
Uma hora, sou eu, meiga, sonhadora, amorosa...
outra, perversa, sacana, dengosa.
Sou uma, sou duas, mas com você quero ser mais...
para nunca abandoná-lo para as dadivosas.
Sou maluca por você!
É eu sei... por você sou louca!...
Será que tenho para o mundo dizer?.
Não... vou escrever.
Afinal... sou louca?
Não... sou poeta!

 

 

Sou louco? Não, sou Poeta

Maria Olga de Oliveira Lima

Sorrio... Choro... Lamento...
Sinto...Vejo... Pressinto...
Minto...
Enlouqueço!... Escrevo... Apago...
Não assim!... Outro jeito!
Convenço!...
Na vida, eu me derreto!
No prazer, eu me completo.
Dentro de mim, a paz
Que satisfaz!
Amo o amanhecer...
Adoro o escurecer...
Sou criança! Esperança...
Sou música! Sou dança!...
Sou pássaro, lua... luar!...
Minha vida...
É pela vida me apaixonar
E todo o tempo poetar!

 

 

Você é louco? Não, sou poeta...

Kedma O'liver

Dizes que não sei dizer
tudo que queres ouvir
nem que consigo escrever
tudo que queres ler
na verdade, não posso ser
o que você quer e atesta
Por isso eu te afirmo
Sim, sou louca, sou poeta.

 

 

POETA

mavi lamas

Enfim, eu sou poeta
gosto de me inspirar
olhando as estrelas das janelas altas,
nas noites de lua cheia...

Gosto mesmo é de surpreender
o homem que amo...
Com o que melhor houver
Para levar recados
de um coração...
verdadeiramente apaixonado.

 

 

Você é louco? Não, sou poeta.

Susana Mendes

Eu amo a tua poesia,
sílabas, em verdadeira alquimia!
Eu odeio as tuas rimas,
ah...Esse meu momento...Afasia!
Eu vivo contigo as tuas excitações/fantasias,
e me martirizo com nossas autorias!
E se me perguntas: - Ei, psiu!
Você é louco?
Não, sou poeta.

 

 

VOCÊ É LOUCA? Sim, dizem que sou Poeta!

Heloisa Abrahão

Desafio o tempo,
Vivo a sorrir.
Alguns me perguntam,
por que sou assim.
Lágrimas me comovem,
mas os sorrisos me encantam.
Gosto de enigmas,
Gosto do belo...
Sou romântica.
Não puxo o "saco" sou o que sou,
Sem apelos, sem medo, sem agredir.
Gosto da vida, sou feliz!!!
Tenho coragem de olhar nos olhos,
E desmentir o aplaudido se é feio,
o seu interior!

 

 

VOCÊ É LOUCO? NÃO, SOU POETA...

Marinez Stringhetta-Mara Poeta

Loucuras Poéticas
Dizer que...
O poeta é “louco”,
Não me fere nem um pouco!!!
Ser poeta...
É ser da palavra, seu atleta!!!
É saber jogar (com ela),
Tal qual no jogo do amor!!!
Onde...
Quem sabe o sabor da paixão:-
Ganha...
Quem não sabe...
Perde...

 

 

Edição Mara Pontes©

 

:::VOLTAR:::

 


 

 

 

***