Ainda não foi desta vez...

Cássia Vicente

Levantou com aquela dorzinha no peito já conhecida...
de esperança que seria um belo dia, talvez alguma boa surpresa, quem sabe...
Tomou um gostoso banho, secou os cabelos, colocou um vestido casual, se voltou pro espelho e não viu aquela imagem habitual, estava mais radiante, contagiante mesmo seu semblante. Se sentiu muito feliz e saiu do quarto pro novo dia.
Seu coração anunciava algo que ha muito esperava.
Introspectiva, sem poder compartilhar seus anseios, procurava em cada esquina por alguém...em vão...
Tentou o telefone, num impulso, sabendo que não poderia abusar, mas o sentia tão próximo que não estava se contendo, sem resposta, se recolheu e deixou passar as horas.
A noite chegou, procurou um cada rosto pelo dele...nada...voltou pra casa e dormiu sem graça.
Amanheceu cansada e ansiosa por notícias da sua felicidade, que parecia tão próxima e de repente sentiu escapar de suas mãos indo embora com a chuva da noite quente.
Novamente o espelho a pegou, seu semblante já não irradia alegria, uma luz opaca rondava seus olhos, tentou sorrir pro espelho...em vão...
Afinal o prazo terminara, agora teria que esperar por mais uma oportunidade e seguir sua vidinha pacata, e intrometida ela abusou novamente, pegou o telefone um pouco nervosa, tinha medo do que ouviria, mas foi em frente...
Depois que ouviu aquele tão conhecido alô, seu coração voltou a bater forte.
Soube das verdadeiras razões pela qual se sentira tão especial no dia anterior, mas novamente os astros conspiraram contra eles.Tudo bem disse ele, tranquilidade, ainda não chegou a hora, tenha paciência e compreensão...
Ouvir foi tão difícil quanto a espera que lhe consumiu os dias...mas tudo bem...foi assim...assim será...


 

 

:::VOLTAR:::