Setembro
(Cássia Vicente)
 
 
 
A primavera chegou finalmente trazendo um pouco de chuva,
o inverno foi tão quente que fico pensando no verão como será.
O seu inverno até que teve frio, sorte sua.
Mas, é primavera, vou curtir o cheiro das flores do meu jardim,
o canto dos passarinhos na minha varanda e torcer pro céu mandar chuva
nos finais de tarde, assim posso adormecer mais fresquinha,
não que eu não seja fresquinha depois do banho.
Já observou como o céu fica bonito na primavera, queria ter uma prima Vera.
E o vento que o início da primavera traz, ainda com terra no ar, o céu fica tão vermelho
que dá vontade de chorar, mas eu não choro, espero os pingos da chuva molharem
meu rosto pra refrescar, deixo a terra pra limpar amanhã.
Aí na sua cidade como é, voa cimento no ar?
O tempo está tão mudado que até as abelhas Europa vêm roubar um pouco da ração
das capivaras, precisa muita chuva pras flores darem pólem. Tudo ainda está tão seco que a paisagem
parece palha de milho seca.
Ontem choveu, fui observar a terra e pude ver o verdinho surgindo na terra, alegria, alegria...
nunca pensei observar a terra, sou tão asfalto, ou era...? Já nem me reconheço.
Reconhecimentos à parte, você pode imaginar eu morando no mato? Eu por mais que
tento não me reconhecer, já estou me dando por vencida.
E que vença o melhor, espero que nesta primavera seja a chuva. Ainda queria ter uma prima Vera.
 
 
 
 

 

Tube AnnaBr

 

 

 

 

:::VOLTAR:::