CANDURA
Clara da Costa
 
Candura,
é aquela ternura
no olhar,
nos gestos.
 
Cândida,
candidamente viver,
sem fenecer,
mas agradecer.
 
Candura,
no sorriso de amor,
no abraço com calor.
 
Candura,
no silêncio das palavras,
no desejo da paz.
 
******
 
C A N D U R A
JVerdasca
 
Palavra doce, por CANDURA
Entendo um nobre sentimento
De uma grande e bela alma
Sendo alvura e ou brancura
Exprime a todo o momento
A paz que a todos acalma
 
A CANDURA é inocência
Expressão de uma alma pura
Essência da ingenuidade
É superior inteligência
É estar na vida, postura
Exemplo para a HUMANIDADE
 
Suprema sabedoria
De quem é farol e guia
Neste mundo de incerteza
Ter e exprimir CANDURA
É próprio de gente madura
É um dom da NATUREZA
 
 
 
 
 
 
 

 

*** Favor manter os Créditos e a Formatação ***
E Mails para Contatos
 
 
 
 

:::VOLTAR:::