Vem,
porque já não moro mais em mim,
quando encontro-me
no vazio das noites nuas,
em você...
 
Vem,
acalma essa saudade,
porque só assim,
poderei viver mais um pouco
sem você...
 
Clara da Costa
 
 
Vem,
minhas noites são invernais,
infernais,
quando não encontro em mim
você...
 
Vem,
abraça minha saudade,
no aconchego guardarei
momentos para viver mais tarde
sem você...
 
Cássia Vicente
 
 
Março/11
 
 
 
 

 

:::VOLTAR:::