NAS CURVAS SUTIS DO DESTINO
Clara da Costa
 
Não vamos perder tempo,
olhando para traz...
 
Vem...
desliza teus dedos no meu corpo
aplacando minha sede,
satisfazendo meus lânguidos desejos.
 
 
Sussurra no meu ouvido,
as besteiras que gosto de ouvir...
não deixe meus dias
cheirando a solidão.
 
Vem...
e me encontre
nas curvas sutis do destino.
 
***
Nas Curvas Sutis do Destino
José Renato Araújo
 
 
Não percamos tempo...
Não temos mais tempo!
Olhemos somente para nós.
Meus medos avidamente correm
neste teu corpo...
neste meu corpo...
 
 
Teus desejos são meus desejos agora...
Nos meus sussurros ao teu ouvido,
e, nas loucuras que te digo,
mando a solidão ir embora...
 
Nas sutis curvas do destino,
chego às loucuras das curvas do teu corpo,
chego feliz ao remanso deste meu adorado porto...
 
 
Agosto/11
 
 

 
 
 
 
 
 
Créditos
Top ruiva
Tube ©Luz Cristina
Mask 128 bynb2007
Música  Eva Cassidy-Songbird
Arte e Formatação Hilda Rosa
 
 
:::VOLTAR:::