Sente-se à beira do mar,
as ondas cantarão
 para você...
Clara da Costa
 
 
 
 
 
 
 
Olhe o infinito
emquanto um barco some na imensidão
as ondas ululam para você...
 
José Ernesto Ferraresso
 
Agosto/10
 

 

 

 

 

 

 

 

 
 

 

:::VOLTAR:::