Sem Ti

Clara da Costa

 

Sem ti,
o coração fica em pedaços,
exilado e quieto?

Oscilo entre alegrias ao vento,
e tristezas na surdez do silêncio?

na quietude me acalmo,
mas o desassossego da tua ausência me rouba o ar?

um suspiro, um gemido, um perfume no ar,
és tu que meu pensamento abraça,
que ocupa meu coração,
dispara minhas emoções.

Sinto saudades ouvindo as ondas sussurrantes do mar,
mas me perco e fraquejo,
quando chegas, com essas mãos que falam,
me fazem suar,
sorrir e cantarolar,
olhando prá tua boca que chama
por um beijo que enlouquece e nunca se esquece.


Sem Você

Eugénio de Sá

 

Formulo em vago lamento

Uma pergunta: porquê?

Lá fora só se ouve o vento

E é triste o passar do tempo

Porque o passo... sem você!

 

Então a saudade é tanta

Sinto um nó, um não sei quê

E um aperto na garganta

Que me faz pedir à Santa

Que eu não fique... sem você

 

A devoção com que o faço

Com amor, fervor e fé

Deve chegar-lhe aos ouvidos

Porque ouço em sons esbatidos

Os passinhos... de você!

 

Fev./12

 

 


 

:::VOLTAR:::