SONHEI QUE ME QUERIAS...

Clara da Costa

 

Na noite que chega silenciosa,

mastigo sensações inúteis,

espremo sentimentos,

a emoção em ocos pensamentos.

 

Não vejo teu vulto,

minhas mãos alcançam o vazio,

ouço um choro na janela-

é o vento gritando saudades.

 

Calo com o coração ferido,

E,no silêncio da tua ausência

eu sonho.

 

Sem saber como a realidade

e a loucura se envolveram,

sonhei que me querias!

 

 

 

 

SONHOS

Luiz  Grijó

 

A areia correu dentro da ampulheta.

A ampulheta da vida.

E o futuro virou passado.

Mas enquanto meus pés continuam

Dentro dos tamancos da realidade

A minha cabeça...

Ah ! A cabeça!

Ainda está povoada de sonhos...

 

 

  

 

 
 
 
::::VOLTAR:::