Ordene!


     
Cássia Vicente
      
      
     
Dobro os joelhos
      deixo que  hoje
      faça o que quiser...
      Serei teu pecado original
      teu bem, teu mal,
      teu registro aberto,
      teu compromisso,
      coisa e tal...
      Serei pernas pelos lados
      mexilhão pela tua pele
      bebida quente de inverno
      abuso total...
      Quebre...devore
      derrape nas curvas
      atravesse farol vermelho
      sou teu desejo profano
      maldito...bendito...
      acredite...
      ...não peça...ordene!

 
ORDENE
Eliana Duarte
 
Você quem manda hoje
Faço o que desejar
Estou preparada para te acabar...
 
Vem!
Me ama da forma mais devassa possível
Me poe de ponta cabeça
Estou totalmente despudorada
Sou tua escrava meu amo e senhor...
 
Manda que faço, me arranha, me amassa
Me faz um mal bem gostoso
Estou preparada para tudo hoje.
 
Percorre minhas curvas
Incendeia, devora, me faz uma perdida
Me enfeitiça, faz meu corpo arder em labaredas de paixão, tesão...
 
Vamos nos embriagar nesta noite com  nossas essências, licores, cheiros....
Quero beber você...
Devorar, degustar...
Seus desejos são uma ordem!
Ordene!
 
Eliana Duarte
10/01/07
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

::::VOLTAR::::