Onde foi que te perdi?

Cássia Vicente
Gandalf



O banco vazio e eu, de longe,
penso...
onde foi que te perdi?

Pelas ruas hoje sigo sem rumo
A pensar naquela noite fria e triste
Na mão, um aceno sem prumo
Na saudade que até ainda resiste.


Onde tropecei e deixei você cair,
ou escapou na primeira oportunidade?

Sei que sinto falta,
dos nossos momentos a dois,
da nossa cumplicidade,
das lágrimas que derramamos e
dos risos que demos sem compromisso.

A cena ainda está bem viva na mente
Suas palavras deixaram história
Atitudes colocadas na minha frente
Momentos terríveis guardados na memória.


Quando aceitei a sua proposta
foi para sempre ou até que...?

Sei a falta que faz, me tira o fôlego,
meu coração dói, meus dedos tremem e
minha boca pronuncia muda em conjunto
com minha mente.

Se hoje sentes a minha falta eu lamento
Diante de tal quadro , não tive outra opção
Na verdade, você jamais saiu do pensamento
Apesar de ter magoado muito meu coração.

Coloque novamente no banco o papel e
o lápis e me convide para um dueto.
Sinto sua falta, inspiração!


Mas a vida segue continuamente
Da estação, restaram as folhas mortas
Quem sabe, um dia, mais que de repente
Nos vejamos num dueto em letras tortas?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

:::VOLTAR:::