de Bem com a Vida
( mas em guerra se for preciso )
Cássia Vicente
 
 
Em paz com meu umbigo,
com minha orelha,
com minha cara-de-pau,
com minha visão impar.
Entretanto,
 arrumo uma boa briga
se alguém me tirar o riso
por conta de uma cara feia por pouca coisa.
Estou gostando de sentir o vento na cara,
Apreciando a aranha fazendo sua teia
em cima da minha cama.
Deliciando com a cheiro que terra molhada
quando alguns respingos ameaçam chover.
Consumindo todas as vitaminas e
 meu estômago respondendo com harmonia.
Por que  tirar a fantasia real?
 Vale a fala mansa da poesia?
Então mão na massa de pão,
derepente sai uma boa broa
que não embroma.
 
Jataí.GO
19.08.2009
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
::::VOLTAR::::