Doce  gula
Cássia Vicente
 
 
 
Mãe dos meus deuses me perdoe a ousadia,
mais que fatia é essa que me entregastes?
Deixou bem farto no recheio que a melhor bocada é a primeira.
Ai  meus hálitos, que sabor é esse?
Vou mordiscar até o último hum...
Hum...eu nunca pensei ser a boca preferida, nem a mão escolhida.
O sabor que tinha em mente confirma minha sorte.
Estarei sonhando?
Onde está a Ave Maria que confirma minha morte?
 Torta de chocoboy?
Me belisca, quero sentir a dor da delícia.
O doce pecado da gula que me estrangule
com suas mãos de Hércules.
 
Jataí.GO
07.08.2009
 
 
 

 
 


 

::::VOLTAR::::