Em oração

 

Pai,

sei que ultimamente tenho orado pouco,

talvez pela correnteza de felicidade

que me leva a uma paz inebriante.

(será esta paz, uma constante oração?)

Sei que deveria a tempos ter tirado uns segundos

para agradecer-te tão belo presente

que me mandou quando mais eu precisava de colo.

Os dias foram passando, os meses se tornaram anos,

a minha caminhada se tornou leve e colorida.

Apesar do problemas que venho enfrentando

consigo separar as realidades e continuar sempre amando.

Dentro do meu coração hoje mora a certeza

que melhores dias e muitas surpresas boas ainda virão,

que a idade não se conta quando se ama é amada.

Neste segundo especial, meu coração transborda amor

aspira um contagiante aroma de Ti.

E neste momento me sinto preparada

para dizer-Te muito obrigada por ter confiado em mim,

por me entregar a paz que tanto buscava

e não sabia onde encontrar.

Assim seja sempre feita a Tua vontade!

(Cássia Vicente)
Jataí.GO
31.07.2008

Publicada no Pspcyber poesias sob o registro nº 5c2f2ecd

Poesia - Cássia Vicente

Arte e formatação - Deniseworisch

www.pspcyber.com.br/poesias

 

:::VOLTAR:::