.
 

Eu, o vento...
Cássia Vicente
 
 
EU, o vento.
Talvez o vento brando que bate no teu rosto, naquele momento que precisa de aconchego;
talvez o vento frio que te faça acordar, quando o medo te faz dormir;
talvez o vento quente que te aquece nos momentos mais difíceis,
talvez o vento forte, que te arrasta para a realidade e te apresenta a vida.
Talvez seja EU, um simples vento que nada signifique, mas que tenta te mostrar a felicidade, movendo com meu vento a tua água.
Mostrar que a felicidade está dentro do teu EU.
Talvez, seja eu, o vento prepotente, que pensa ser presente e passa ao lado.
Mas sou EU, o vento que te beija
neste momento e em tantos outros.
 
Vilhena-RO
16-04-2010
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
*** Favor Manter os Créditos e a Formatação ***
 
Eliana Ferraresi
Email para Contatos
eliana.fz@terra.com.br
 
:::VOLTAR:::