Gosto, ah como gosto

Cássia Vicente


Gosto...
ah, como gosto de amar você.

Amo
teu jeitinho especial,
sempre com a cabeça na lua
fingindo ter os pés no chão.

Às vezes
é pura pirraça,
me deixa louco,
outras é puro carinho
que chego a delirar.

Gosto,
quando acorda
com um sorriso maroto
me pegando de um jeitinho
que nunca senti outro igual.

Ah,
quando me provoca
passeando de calcinha pela sala,
chego a perder o fôlego.

E,
quando você me faz
declarações do teu amor,
sinto tua voz sorrindo
penetrar em mim,
chego a gozar de paixão.

Quando fala sem parar,
coisa muito comum,
acredito que o mundo
é todo meu.

Você,
preenche minha vida
com o perfume que
exala da tua alma
e eu, teu dependente
me sinto no céu.

Jataí-GO
28-10-2009


 
 

 

 

 

 

 

::::VOLTAR::::