INDECÊNCIA 
Cássia Vicente
 
 
Assumo.
Que vontade de (te) provocar!
 
Pele e piano
dedos e teclados
pérolas e charme
pernas em desencontro...
 
 A música transcende a descencia.
 
Responde à minha pergunta:
- Tem tesão em cima do banquinho?
 
Teu riso corrompe a resposta
na proposta indecente
de tuas mãos
que tocam minha pele.
 
 
Comporto ou abro a comporta?
Arrepios respondem por mim.
 
Cadê a partitura?
 
As teclas respondem em ritmo febril.
Interferem meus dedos
arrastam minhas mãos
pra outro canto.
 
Devo continuar?
tua boca me faz calar.
 
Continuo...
 
Jataí-GO
08-10-2009
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
::::VOLTAR::::