PELA JANELA
Cássia Vicente
 
Foram tantas as vezes
que olhei pela janela esperando
alguma coisa acontecer, alguém chegar,
que até perdi a conta.
 
Todas as vezes que,
através do vidro esperei,
me senti a mesma criança que,
 pela primeira vez observou lá fora.
 
Os vidros embaçaram,
os batentes apodreceram,
e eu, menina,
continuo a olhar através dela.
 
Pela janela
....hoje, amanhã, ano que vem...
meus olhos de menina
crescerão em sorrisos.
 
Jataí-GO
07-04.2010
 
 
 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
*** Favor Manter os Créditos e a Formatação ***
E Mail para Conatato
 

 
 






 

:::VOLTAR:::