Meus conflitos

Em boa hora

Paixão

Flores no outono

Frio

Sem medo da morte

Vida

Seria Simples

Amada amiga!

Ás vezes

Enrosque

Crença

Eu...Você

Você sempre ficando

Brigas?

Quero com você ficar

Caminho

Dúvida

Acredite

A vida é assim

A carta

Abraços

Basta!

Fotografias

Queria na lua

Metade

Pode entrar

Velha história

Tropeço

Respostas

Temporal

A chuva que cai

Que paixão é essa

Porque te amo tanto

(Mal ou bem)Estar?

Amores

Lembra?

Mais de dez

Ponteiros

Preciso e perfeito

Que tal um cafezinho?

Vaidosa

Teria explicação?

Serei diferente?

Sempre"ELE" em minha vida

Santa ingenuidade

Rosa(tá na moda)

Retalhos

Puta virgem

Profusão

Página virada

Meu amor, minha vida

Há um tempo

Em pés

Doce gula

Dentro de mim

De bem com a vida

Como um sonho

Conjunto íntimo Acabou
Aos pés do altar Bum
Caça confusão vai Semântica
Aromas Em tres atos
Vidraça Ah....
O grito de desejo Eu não sou perfeita
Abismo Apesar de...
Beijar na boca Duas da tarde
Indecência Então
Segredo Somente com você
Teus olhos Passada de mão
Poeminha em letra E Espera...
Olhos de gato Faces
Passou da hora? Preferi esnobar
Quando dei por mim Sensações
Solto a garganta Poeminha apaixonado
Meus Deuses Gosto,Ah como gosto
Te surpreendi O encontro
Caminhos A resposta
Meia - noite Pessoas
Decisão Bebo
Coletanea I Poesias cirandas Coletanea II Poesias cirandas
(poetrix)Novamente (poetrix)Vôo
Reativa Romântica
Racionalizar Foi mesmo, de repente
Solavanco A pasta
Centrada Claro e escuro
Gosto do amor Não quero nada incomum,talvez fora de moda
Vou te dizer Reclamamos do que mesmo
Precisa? Sou pulsante
Vivenciar o amor O teu sorriso em versos
A paixão é deliciosa, mas o amor é magistral Articulando
As pequenas dádivas Fada, elfo e salamandra
Chorar Quem não precisa?
Vivenciando o amor Talvez
Rezo um conto Por amor
Não negue Entrelaço
Ser afim Estado de graça
Desejos Pensamentos
Sou outono Uma verdade
Faz de conta Te espero
Sem a letra a Pela janela
O pecado mora ao lado Recados
Eu, o vento Em oração
Diferenças Abraça-me
Nem de longe Morte da poesia