A HORA DO ADEUS

Cassia Vicente
 
Olhos lacrimejantes,
coração apertado,
olhar no vazio.

Flores murchas,
piso frio,
vastidão sem fim.

Perguntas sem respostas,
canto do curiango,
ponteiros travados.

Cássia Vicente

Poesias Relacionadas

Publicada no Pspcyber poesias sob o registro nº 350b95f8

 
 
 
 
Tutorial by Denise Worisch
 
tube propio
 
 
:::VOLTAR:::