Calou a Paixão
 
 
Cássia Vicente
 
 
 
 Tenho saudade da paixão,
quando chorava, clamava pelo desejo de estar,
trazia no travesseiro o cheiro dos sonhos bons,
olhava o céu e via os olhos desenhados,
sentia na chuva o suor,
o sol queimava minha saudade
e goles de água refrescavam meus soluços.
 
Tenho saudade da inspiração  que me fazia
conduzir palavras, traçar vontades,
reclicar meu dia tedioso,
enfeitar minha cama de desejos,
acordar toda molhada pela vontade
de escrever o amor em letras garrafais
no preto e branco da ausência.
 
Tenho saudade do tempo em que inspiração
era sinônimo de paixão.
Sorrisos eram deliciados nas entrelinhas.
Verdades eram explicitadas nas palavras
ditas em poesias.
Desenhos destemidos na mente em
aliança com minha pele.
 
Calou a paixão. Calou a mente.
 
 
Jataí-GO
03.01.2011
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tube Denise Worisch
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
:::VOLTAR:::