*
 
 
 
DESNUDA
 

Ventania em minha mente
desmente a calmaria
que minha cara se põe em sorrisos…

Desnuda, mingua os dentes,
entrecortando os lábios em disfarces sombrios,
destituindo os olhos de fingir o brilho…

Os cabelos em desalinho,
as mãos entrelaçam brigando os dedos
e nada mais é segredo…

Poema de Cassia Vicente
Publicado no Pspcyber poesias sob o registro nº aafd844
 
 
 
Tube: Cameron
 
 
 
 
 
:::VOLTAR:::