Tudo ao acaso, nada programado.
Cássia Vicente
 
 
Me perder nos teus braços.
Matar a sede na tua boca.
 
Esquecer o frio lá de fora.
 
 Deixar teu corpo me aquecer.
Tombar meu corpo na espuma a procura do teu.
 
Esquecer o relógio em casa.
 
Ter fome das tuas carícias.
Deixar o momento acontecer.
 
Esquecer que tenho que voltar.
 
 
Jataí-GO
06-06-2010
 
 
 
 
:::VOLTAR:::