A BORBOLETA
 
Cássia Vicente
 
Era uma vez um casulo...
um dia se rompe e a borboleta voa...
voa...pelo céu...pousa delicadamente
em uma janela azul, azul como o céu
e ela, pensa ainda estar no céu.
Sente uma mão, ainda desconhecida a ela,
acariciar suas asas delicadamente...
 
Não sentiu medo, pensando ainda estar no céu,
a jovem borboleta ainda não conhecia a maldade,
e, aproveitou cada momento de carinho que aquelas
bondosas mãos a dedicava.
 
Um dia ela iria conhecer alguma mão que não a dedicaria
carinho, mas por enquanto ela era a borboleta mais feliz
daquele céu em terra!
 
 
escrita para a ciranda do site http://www.aeradoespirito.net
 
 
março 2012

 

 
 
 
 
Tube Sonia Fantasy
 

 
 
 
 
 
 
 
 
:::VOLTAR:::