Janeiro Molhado

Cássia Vicente

Já quase se foi janeiro
Amanhã amanhecerá
Não diferente de hoje
Em pingos e pingos
Insistentes que caem...
Rolando pelos telhados
Os pingos molham a terra
Marcam o cimento
Ornamentam as varandas
Lambuzam as flores
Habitam as calhas...
A manhã promete água
Depois a tarde quase desaparece
Onde a noite anuncia pingos e pingos.

janeiro 2013

 

 

:::VOLTAR:::