MÃE, QUE SAUDADES DE VOCÊ!

Cássia Vicente


Trinta e oito anos se passaram...
você hoje, está mais leve com certeza,
vendo do céu sua família se multiplicando,
e você...multiplica sua felicidade,
sabendo as programações existenciais
sendo cumpridas,
uma filha que batalha, estuda, é mãe e pai,
e segue lutadora e sempre com o sorriso nos lábios...
a outra, já avó, que entre letras se embaralha,
se atrapalha ainda nas decisões, mas é lutadora
e um dia chegará lá...
Mãe, que saudades de você...mas sinto você bem e
junto às suas filhas, então a saudade se abranda e
eu, sigo feliz, até o dia que irei ao seu encontro para
um abraço.

escrita para o site ¨a era do espírito¨