OUTONO

Cássia Vicente

Outono!
Tons amarelados nas folhas
que caem forrando o chão
para os amantes.
É tempo de semeadura,
de colheita,
de grãos que alimentam o corpo,
do amor que alimenta a alma.
É Outono,
o verão se foi, deixando o bronzeado
no aconchego das noites frescas.
E, o amor que disfarçado deixa seu
perfume no ar, leva às narinas
uma sedução que fazem
as borboletas coçarem o estômago
de modo incomum...


Março 2012

 

 

:::VOLTAR:::