PÉ NA ESTRADA

Cássia Vicente

A vontade era de ficar quieta,
envolvida em nada...silêncio profundo.
Mas, não era hora, a vida a chamava
para as ações de mulher madura,
de atenção a quem pedia,
de sorrisos que deveriam expandir,
da paciência que seria exemplificada,
de olhos e ouvidos moucos e,
além de tudo se mostrar esplendorosa
de paz e harmonia.
Era hora de botar o pé na estrada!

Nov-2011

Escrito para o site