SEM LAÇO DE FITA
Cássia Vicente
 
Seu corpo que conheço tão bem
me desprezou com um laço de fita
cerrando tuas pernas ao meu caminhar,
como fiquei nem  posso descrever
por não encontrar as palavras
no meu vocabulário de desamor, e,
numa frase seca, vinda do âmago nu
do meu pesadelo lento
posso apenas dizer adeus...
Não!
Não é isso que quero,
quero o teu amor de volta
sem laço de fita,
onde eu possa caminhar
nas frases de amor entre
tuas curvas como lua cheia
em pleno céu da minha boca.
 
 
Outubro 2011