Eu ainda cresço
Cássia Vicente
 
 
Tem que ser sempre assim,
desitratar a alma
esfoliar a raiva
renovar a calma
pra conviver com você?
 
Pressumo que
seu grande triunfo
é acreditar que
sou seu brinquedo.
 
Manda, desmanda,
ataca, machuca,
gosta que eu mendigue e
caia na tua graça.
 
Esqueço que sou  
gente grande e
caio na sua lábia.
 
Mas acredite,
um dia a criança cresce,
desobedece e vai a luta.
 
Jataí.GO
04.04.2009
 
 
 
 
 
 
 

 

::::VOLTAR::::