Não acredito!

Cássia Vicente

 

 Você conseguiu me prender com sua saliva pervertida... tentei combater com o melhor veneno sua perseguição...em vão...como aranha embolou minha veia...sugou meus desejos...

Impossibilitado de negar deixei-me seduzir até a última teia...confesso que até  agora não entendi como conseguiu me sugar...

Debati feito moribundo na reta final...estremeci feito frio agudo e cedi...

Se me arrependi?...devo declarar aos fios do pecado que adorei pecar ajoelhado aos seus pés...

 

Jataí.GO

12.11.2008