Não fale de saudade
 
 
Clara da Costa

Não fale da saudade
nem das noites vazias onde na
penumbra de um bar eu
procurava teu rosto em outros rostos...

Não fale da saudade
onde eu me perdia entre  olhares famintos
que procuram como eu, um oásis para
matarem  sua sede de amor...


Não fale da saudade
quando meu  corpo doído se contorcia
em espasmos de prazer solitário
na fria solidão de um quarto vazio...


vazio de ti.



Pipa/RN..
04.02.09

 
 
Tube 1287-luzcristina.pspimage
 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 


::::VOLTAR::::