SABER OUVIR
Clara da Costa
 
Ah, como andamos esquecidos,
alienados das coisas simples...
como estamos endurecidos
frente à toda espécie de beleza!
 
Nosso olhar,
não se perde mais na imensidão do  mar,
não olhamos mais para a magia que nos rodeia,
não sabemos mais apreciar os sons da natureza.
 
Não sabemos mais ouvir o silêncio,
o som daquela música que enternece,
não sabemos mais ouvir a voz do outro,
que com amor, quer nos dar um conforto.
 
Nosso coração pede amor,
mas não sabemos ouvir nosso coração,
nosso corpo pede um pouco de calor,
mas nos distanciamos da emoção.
 
Saber ouvir, é saber dividir,
é ser aquela gota do oceano,
que unida à outras,
está em busca da paz e do entendimento.
 
Praia de Pipa/RN
02.04.10
 
 
 
 
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 

:::VOLTAR:::