A DROGA ACEITA
Clara da Costa
 
"Hoje vai ter festa!
Tem muita comida e muita bebida".
 
É a droga aceita, pela sociedade,
pelas famílias, onde o "beber socialmente",
faz parte do dia a dia.
Sutilmente, sinistramente e, em doses homeopáticas,
essa droga que é aceita, como sendo algo normal
pela sociedade capitalista burguesa,
se infiltra, causando dependência e muitos estragos,
tanto para o viciado, como também para quem
convive com ele...(só quem já conviveu,
ou convive com um alcóolatra, sabe o
que está falando...).
 
A mãe estressada e depressiva, não dorme,
não consegue viver, sem o consumo de
psicotrópicos, mas que são, também
drogas aceitas.
 
E assim caminha a humanidade, vivendo de
mentiras, hipocrisias e de paraísos artificiais,
onde nossos filhos assistem tudo isso,
sem que façamos nada para mudar.
Não adianta reclamar, quando um filho,
mesmo já na adolescência, se torne
um alcóolatra, ou um viciado em medicamentos
que os levem a fugir da realidade.
Se temos que ensinar pelo exemplo,
temos que mudar nossa maneira de encarar,
essas drogas ditas "drogas aceitas",
que são como ervas daninhas,
e cuidar mais do nosso lado espiritual,
para que vivamos mais em paz com
nosso coração.
 
 
Pipa/RN
30.06.09
 
 
Texto publicado no site:
 

 
* * *

 

 

 

:::VOLTAR::::