A REENCARNAÇÃO
Clara da Costa
 
Em Mateus, capítulo 17, lemos o seguinte: “os discípulos interrogaram Jesus, dizendo: por que dizem, pois, os escribas que Elias deve vir primeiro? Ele, respondendo, disse-lhes: “Elias certamente há de vir e restabelecerá todas as coisas. Digo-vos, porém, que Elias já veio e não o reconheceram, antes fizeram dele o que quiseram. Então os discípulos compreenderam que Ele falara de João Batista.”
 
A reencarnação é confirmada pela Bíblia e, é encontrada em todas as religiões e filosofias dos povos antigos.
 
Os Vedas, por exemplo, o livro sagrado dos brâmanes, ensinam a necessidade dos renascimentos, afirmando que é preciso reencarnar e fazer o bem para estar em "novos laços com outros corpos, em outros mundos".
 
A doutrina da reencarnação consiste em admitir para os homens, existências sucessivas. As provas que lhes são impostas os auxiliam no seu progresso espiritual e a vencer os obstáculos que aparecem,  que nada mais são,do que situações inevitáveis,que temos que passar,para nossa evolução, enquanto espírito.
 
Deus, em sua infinita bondade, nos deixa sempre uma porta aberta, nos dando mais uma chance, para nos arrependermos,permitindo-nos reencarnarmos quantas vezes forem necessárias.

Cada existência corporal é uma prova para o espírito e, ninguém trai a vontade de Deus, sem graves tarefas de reparação. Não adianta enganar a Deus, porque estaremos enganando a nós mesmos. Daí a necessidade do perdão frente à injúria, difamação, decepções com nossos semelhantes, as quais  todos estamos sujeitos.
 
Aquele que encontra em si mesmo a felicidade, identifica-se com Deus. A alma evoluída sobe aos mundos mais elevados onde se pode conhecer a felicidade e ter de Deus a melhor concepção, ao passo que aos que pouco progrediram, voltam e renascem novamente, até que se purifiquem e alcancem a necessária sabedoria.
 
Viver, momento único, dádiva do Criador, para evoluirmos, para voarmos ao infinito como a leveza e a pureza de plumas ao vento.
 
 
Pipa/RN
01.09.09
 

 

 

 

 

:::VOLTAR:::